14 junho 2007

Catamayor Clásico Tannat 2005

Este vinho foi escolha de minha esposa para o dia 12 de junho. Deixei a "adega" (se é que posso chamar assim) livre, só pedi a ela que não escolhesse nenhum rótulo de 2006. Escolheu um tinto uruguaio, bastante acessível, que me custou R$ 23, no Extra. Surpreendeu!
É um vinho de uma linha básica (chamada Clásicos) da Bodegas Castillo Viejo, que iniciou suas atividades em 1927, quando ainda não contava com vinhedos próprios, o que veio a acontecer somente em 1963, quando adquiriu 150 hectares na região de Villa Rodríguez, Departamento de San José. Hoje, a vinícola está nas mãos da terceira geração da família Etcheverry (Edgardo, Ana e Alejandro).
Não fiz anotações, nem deveria cometer essa grosseria no Dia dos Namorados, mas tomei o cuidado de ler os comentários do produtor, que se confirmaram na prática.
Vinho de coloração púrpura intenso, profundo, com lágrimas abundantes (13,5% de álcool). Aromas de boa intensidade, lembrando uva passa. Taninos presentes e redondos, trazendo notas adocicadas. Esteve longe da aspereza que se propaga num tannat. Final de ótima persistência, muito agradável, marcando o frutado. É um vinho que estagia por dez meses em tonéis de carvalho americano e francês, mas esta característica não aparece em exagero.
Se liberasse os aromas com mais facilidade e abundância, levaria cinco taças. Comprarei outras garrafas, certamente. Ótima relação preço-qualidade, além de ser uma boa oportunidade de conhecer um tinto uruguaio. Compre duas ou três garrafas, certamente terá um jantar muito agradável, lembrando que o um tannat vai bem até com costela e churrasco.

6 comentários:

Sônia disse...

Estou com um tannat catamayor 2003, será que ainda "vingará"?
Comprei em uma promoção com um pouco de receio e estava aguardando uma oportunidade para degustá-lo, de preferência harmonizando com uma carne assada.
Abs

Vinho para Todos disse...

Sônia, não sei te dizer a respeito do 2003. Depois que degustá-lo, poste um comentário a respeito. Vai ser interessante.
Abs.

Lusenalto disse...

Comprei um desse tb no Extra por um pouco mais.

Mas valeu a pena.

Engraçado que li o seu comentário apenas depois da degustação. Mas veio de encontro a minha percepção.

Recomendo aos outros leitores do blog.

Moretto disse...

Comprei um 2006 também muito bom, agradou a todos.

Sergio disse...

Realmente a relação preço/qualidade deste vinho é fantástica.
Comprei porque queria degustar um Tannat e não me surprendi com a qualidade.
Recomendo.

VMJ disse...

Estou com um de 2009, esta na adega, e vai ficar por uns bons anos ainda! Bom saber que el é mto bom!