18 agosto 2007

Benjamin Nieto Senetiner Tempranillo 2006

Os vinhos desta linha Benjamin, da prestigiada Bodega Nieto Senetiner, são acessíveis e costumam dar conta do recado. Não cheguei a comentar no blog os malbec de 2004 e 2005, mas gostei bastante. Este tempranillo, no entanto, foi decepcionante.
Vinho jovem, de coloração púrpura e lágrimas abundantes. aromas característicos da casta, mas muito modestos. Pouco corpo, taninos vivos e acidez presente, mas o álcool apareceu em demasia, tanto no nariz quanto em boca. Final curto, deixando a boca seca e lembrança meramente alcoólica. Vinho desequilibrado, pelo qual paguei R$ 16, no Bretas.
Confio na marca, mas não acredito que este vinho melhore com o tempo.

9 comentários:

Guilherme / Londrina disse...

Coincidência, eu minha esposa tomamos este vinho na semana passada, e comentamos o mesmo, muito álcool, vinho totalmente desagradável, não conseguimos tomar a garrafa toda, na nota eu dou 1 taça. Vinho totalmente diferente que tomamos ontem, um Concha Y Toro Carmenère 2004, totalmente agradável, onde álcool não predomina em nenhum momento.

gerson disse...

Olá, dia 27 também bebi esse vinho e concordo com vc, foi o 1º Tempranillo que me decepcionou, paguei $14,75 e não comprarei outro.

gerson disse...

Olá, que tal tecer uns comentários sobre o Santa Carolina Reservado Merlot 2005? Por aqui o preço é R$12,90.

Vinho para Todos disse...

Caros Guilherme e Gerson, fico feliz com a coincidência das opiniões. Significa que não minhas impressões não ficam tão longe de outras pessoas. Obrigado pela visita e comentário.

Vinho para Todos disse...

Gerson, bebi muitas garrafas do Santa Carolina Reservado CS da safra 2003. Mas todos os RESERVDO que bebi de 2004 pra cá não me agradaram tanto. Já experimenti o merlot 2005 dia desses e achei muito amadeirado. A cabeça doeu no dia seguinte. Tenho encontrado esses vinhos na faixa dos 12-13 em Uberlãndia, mas não compro. Pelo menos por enquanto.
Abraço.

Anônimo disse...

esta linha benjamin é o pior vinho que bebi..nao tem um que salve. ate vinho de garrafão é mais interessante que estes. no fundo sai caro pois fora o vinho vc ainda terá que gastar com as aspirinas/neosaldinas!!
e olha que eu uso vinho barato para cozinhar, estes nem pra isso servem.

Anônimo disse...

concordo em partes com varios comentarios a respeito de Nieto.

Um entretanto me hama a atenção:

a presença marcante do alcool. Tornei a comprar mais 2 outros exemplares e ao final de tudo, resultado. E um vinho intrigante, complexo, forte alem de jovem.Mas oq mais me chamou a atençao e que ele se comporou de maneira distintas nas 3 situaçoes em que bebi. Talvez nao seria o caso dos amigos acima tentar harmonizar o vinho com um dia bom e com um prato adequado. Deixem o vinho respirar , atençao a temperatura e o principal: compre em um lugar que respeite a garrafa. por barata que seja. se vc comprar em um supermecado nao vai se surprender se ele fizer birra com vc .


abraços.

ps: E um vinho de historia, com rótulo covidativo e no resto vcs entendem, sempre q eu aprecio eu gosto muito. mas tbm ja me descepcionei.

Anônimo disse...

Eu cheguei a beber o Malbec outro dia, mas senti tb a presença marcante do alcool. Nao curti. Tb nao comprarei novamente...

Giane Sacco disse...

Realmente. Concordo com o seu parecer. Vi a data da postagem e se passaram alguns anos, mas o álcool ainda é muito presente nesse vinho