01 setembro 2007

Osborne Solaz Shiraz-Tempranillo 2004

Este é o vinho do mês, escolhido para a "Confraria Brasileira de Enoblogs", uma indicação dos amigos do Le Vin au Blog. Um vinho da Tierra de Castilla, produzido pela Osborne, casa fundada em 1772. Recentemente foi indicado pelo Guia de Vinhos 2007, da Revista Gula, como EC (excelente compra). Porém, estas indicações nunca me seduziram e em alguns casos discordei totalmente da opinião das revistas. Já disse uma vez: confio mais na opinião de alguns enófilos do Blogger que nestas revistas!
O vinho tem coloração púrpura, intenso e cristalino, com muitas lágrimas no copo. Aromas moderados de frutas vermelhas maduras, lembrança de ameixa. Madeira quase imperceptível (quatro meses em barricas de carvalho americano, segundo o produtor).
Melhora muito na boca. Encorpado, com taninos marcantes. Equilíbrio entre taninos, acidez e álcool (14%). Potente, sem ser rústico. Retrogosto frutado. Boa estrutura e personalidade. Final de boa persistência, "amarrando" um pouco.
Em resumo, um vinho correto, potente e elegante ao mesmo tempo. Seco, mas fácil de beber. Vinho que poderá suportar tranquilamente mais 2 anos de guarda (em boas condições, claro).
Único senão: os aromas são muito discretos e não revelam de pronto a qualidade do vinho.
Experiência interessante, que me custou R$ 36, no Supermercado D'Ville.

2 comentários:

Anônimo disse...

Depois do documentario 'Mondovino', vemos que o vinho é, antes de uma garrafa, um rótulo e uma empreitada comercial, um ritual secular, que fortalece os vínculos do homem com a terra arada. Infelizmente, essa noção está em extinção, e a idéia predominante é de que o vinho é uma bebida exclusiva e que, quanto mais caro, melhor. Seu blog está de parabéns, pq desmistifica isso, mostrando que existe vinho verdadeiramente bom numa faixa de preço acessível.

le vin au blog disse...

Nossa garrafa também tinha um nariz discreto e tímido. No geral achamos um vinho bastante interessante.

Abs.,