05 outubro 2007

Finca Flichman Malbec-Shiraz Rosé 2005

Um casal de amigos "esqueceu" este vinho aqui em casa. Cheguei do trabalho ontem e também me "esqueci" que o vinho não era meu. Resultado: eis mais um comentário para este modesto blog.
A Finca Flichman é uma vinícola argentina que respeito bastante. Não me recordo de qualquer decepção com seus vinhos, mesmo os de linhas mais básicas, como o Barrancas.
Este rosé é resultado de um corte 50-50 de malbec e shiraz, produzido em Mendoza. Com certeza o rosado mais atraente que comentei neste blog, com 13% de teor alcoólico e a acidez que se procura para refrescar os dias quentes. A vinícola sugere servi-lo entre 10º e 13ºC, mas comportou-se melhor nos 10º.
No copo, linda coloração rubi-claro, com halo aquoso e lágrimas finas. Bons aromas de frutos vermelhos delicados, especialmente morangos. Leve, refrescante, com boa acidez e álcool equilibrado. Retrogosto agradável, frutado. Final de persistência mediana.
Acompanhou muito bem uma tábua de queijos leves. Boa personalidade para um rosado. Honestíssimo!
Observação: comprometo-me publicamente a "devolver" o vinho aos amigos. Eu juro!

8 comentários:

Carioca disse...

meu vinho do proximo verao a dolar baixo....
sou fã deste desta linha de vinhos da vinícola em particular..precisamente linha oak age...bons, bonitos e baratos..
3 meses em barril de carvalho novo justificam minha preferência...melhor ainda entre 18-22,00 no pao de açucar!!

Vinho para Todos disse...

Carioca, acabo de chegar do MAKRO e comprei vinhos da linha Oak Age a 7.90 (CS e malbec). De vez em quando eles fazem isso. Aí você volta no outro dia e o preço está de novo nos 17-20 reais.
Obrigado pela visita e comentário.

João Barbosa disse...

é simpático, este vinho, mas não me arrebata o coração.
.
.
.
abraço

Le vin au blog disse...

Olá Vinho Para todos,
Temos mais um participante da Confraria, o Gabriel do blog: http://vinquotidien.blogspot.com/
Que já participará da degustação do Terranova.

Mudando de assunto: Estamos (os blogs Le Vin au Blog e Gourmandise) preparando o segundo jantar harmonizado entre blogs e estamos convidando outros blogs para participar. Veja o post lá no blog e se quiser participar entre em contato conosco.

Abs.,

gerson disse...

Olá, está bebendo pouco ou está sem tempo para postar...abraços

Sônia disse...

Meus caros,
Desde o início do ano venho degustando esse rosé Finca Flichman e não fico sem algumas garrafas dele na minha adega.
Adoro rosés e esse em especial. Comparei-o ao Santa Helena CS Rosé e ao Gato Negro Carmenère Rosé (acho que é Carmenère mesmo, se não me engano) e ele ganha disparado.
Dei de presente a alguns amigos, servi em reuniões na minha casa e é sempre um sucesso. :)

Saudações

Myla disse...

hehehe, gostei do seu jogo com as aspas: divertido!

éhhh, esse é um rosé "honestíssimo", como vc mesmo indica. e com duas d minhas uvas preferidas.

geralmente eles são melhores mais gelados mesmo e não acho q isso comprometa ou adormeça a expressividade dos aromas.

não tenho tanta experiência assim em rosés - um vinho geralmente desmerecido pela maioria de nós, brasileiros, mas foi com um deles que me iniciei no mondo vino. daí, por isso, o carinho com os rosados.

nessa última quinta degustei o da Rio Sol, do vale do são francisco. me surpreendeu pela juventude do frescor e pelos aromas delicados. na minha opinião, um dos melhores rosés q já tomei. mas, d novo: minha experiência é pouca.

gostei demais desse seu cantinho, vc está d parabéns! baco, onde quer q esteja, certamente sorri e ergue a taça pra vc!!!!
abraços, myla

João Barbosa disse...

Uma correcção (a mim)... disse que este vinho era simpático, mas só hoje, numa outra visita, é que percebi que este é o rosé, que não bebi. Peço desculpa.
Um abraço