08 novembro 2007

Postales del Fin del Mundo Malbec 2005

A Patagônia é uma nova fronteira do vinho Argentino. Esta situada a 39º de latitude-sul e possui a menor altitude dentre as regiões vinícolas argentinas. De clima continentanl, temperado e seco, possui temperatura média anual de 10ºC. Este clima e o baixo nível de umidade praticamente livram a região das doenças comuns às videiras. Lá, as uvas amadurecem lentamente, em virtude da alta incidência de luz solar (=verão prolongado). Dizem que tem dado bons pinot noir por lá.
A Bodega del Fin del Mundo foi fundada em 1999. Para conseguir produzir uvas acima do Rio Neuquén, construiu um canal de 20km de extensão, para irrigar os vinhedos. É uma bodega com cinco linhas de produtos. Este vinho é da linha Postales del Fin del Mundo, a mais simples da casa.
No copo, um púrpura intenso, bastante escuro, com formação de muitas lágrimas. Aromas frutados de ótima intensidade, lembrando frutas maduras, especialmente ameixa. Notas esfumaçadas também. Álcool apareceu no nariz, mas sem queimar.
Bom corpo e estrutura. Vinho redondo, pronto pra beber. Taninos vivos, acidez e álcool equilibrados. Não pareceu ter 14% de teor alcoólico.
Retrogosto de intenso frutado, muito gostoso. Final longo e marcante. Fundo de copo com delicada lembrança de côco, em virtude da madeira. Segundo a vinícola, pode ser guardado por 2-3 anos.
Este vinho foi decantado por uma hora e evoluiu no copo. Foi servido a 18º C, como recomenda a vinícola. Experiência muito interessante. Ótima relação qualidade-preço. Comprei esta garrafa no Carrefour por R$ 27, mas hoje fui ao supermercado e aproveitei uma promoção: comprei duas garrafas a R$ 20,90, cada.

4 comentários:

Leonardo De Araujo disse...

Grande enófilo,
Vejo que tomou alguns vinhos bons recentemente. Gosto do Terrazas.
Da argentina, considero sempre confiável a Família Zuccardi, desde os Santa Julia aos mais caros.
Tomei o Humberto Canale Pinot Noir Reserva da Patagônia ano passado e estava excelente. Outros bebedores elogiam também as provas com pinots do "fim do mundo".
Um brinde
Leonardo

Colheita de Vinhos disse...

Olá Vinho para todos,

Como sabe tenho um vinho em "minha adega?" que é da mesma vinícula, é o Ventus Merlot/Malbec/Cabernet Sauvignon 2006. Em breve estarei tomando e comentando este vinho.

Saúde!

Guilherme

Vinho para Todos disse...

Leonardo, sou um fã declarado dos pinot noir, embora não encontre muitos por estas bandas. Mas tenho insistido. Obrigado pelas dicas.
Saúde!!!

Anônimo disse...

Tive o prazer de experimentar este vinho na casa de shows Sr. Tango. Trouxe algumas garrafas para casa e disfrutei com amigos que me acompanharam na viagem....Bons tempos...ainda não encontrei no Brasil. Custo benefício excelente....