04 abril 2008

Dante Robino Cabernet Sauvignon 2004

A Bodega Robino foi fundada em 1920 e está localizada no departamento de Luján de Cuyo, na Província de Mendoza. Já comentei outro cabernet sauvignon do mesmo produtor e safra, mas de outra linha (relembre). Por este, que leva o nome do fundador da vinícola, paguei R$ 23,90, no D'Ville, mas não gostei do resultado.
No copo, um rubi intenso, lágrimas grossas e lentas (14% de álcool). Aromas de boa intensidade, frutos vermelhos, clara lembrança de cassis. Também algo como mel e doce em compota. Tem passagem por carvalho, mas sem exageros.
Na boca, corpo mediano, seco (chega a ser áspero), com taninos duros e acidez marcante. Álcool aparente em todos os momentos da degustação. Final ligeiro e sem-graça. Em resumo, um vinho razoável nos aromas, mas sem-graça no paladar. Retrogosto levemente frutado, mas alcoólico. Não justificou o preço.
Este vinho, desta safra, no más.

3 comentários:

Paula Nunes disse...

O que mais gosto do seu blog? Sua independência, comentar sem pretender agradar a este ou aquele leitor. Ótimo, ótimo, ótimo...

Anônimo disse...

Gostei das enquetes. participo de todas elas. Acabei de votar onde compro mais vinhos: em supermercados. Ainda não consigo comprar em lojas de vinhos ou do importador.

Pedro Aleixo

Enoleigos disse...

Amigo,

Estou bebendo este mesmo vinho agora, mais de 2 anos depois de sua experiência.

Curiosamente estou tendo outras percepções do mesmo rótulo. Tenho quase certeza que o tempo em garrafa fez muito bem para este vinho. Paguei 15 pratas e gostei do resultado geral. Claro que não é um vinho top, mas pra faixa de preço me surpreendi! Em breve vou postar minhas impressões.

Abs!!

Gustavo
HTTP://enoleigos.blogspot.com