13 agosto 2008

Latitud 34º Malbec 2007

Um malbec argentino a menos de R$20 pode ser uma boa compra para o dia-a-dia ou uma bomba. Este, produzido pela Bodega Carelli, fundada em 1943, não chegou a ser uma bomba, mas passou perto. Comprado a R$17,90 no Bretas, não empolgou. Pertence a uma linha da vinícola criada especialmente para o Reino Unido, com referência à latitude onde os vinhedos estão localizados.
Um vinho de coloração púrpura, demonstrando juventude, com lágrimas grossas, rápidas e esparsas. Aromas muito tímidos: frutos vermelhos e um pouco de terra. Pouco corpo, com início de boca pouco interessante. Sem notas doces, é seco, com taninos dando certa aspereza. Acidez mediana. Final curto, deixando a boca seca. Madeira aparecendo mais nitidamente no final.
No final da garrafa, melhorou um pouco, mas não acompanhou comida e manteve a sensação de boca seca. Um vinho que não pretendo comprar novamente, mas o rótulo é bonitinho...

2 comentários:

Camila.Haase disse...

Já tive muita curiosidade com esse vinho, talvez mesmo por causa do rótulo, ele parece um vinho mais importante. Mas nunca cheguei "naquela vontade" de experimentar!
Valeu pela sua análise!

Gerson disse...

latitude 34? faça-me rir! que falta de originalidade no nome,só podia dar em vinho ruim rsrs
Já provaram os vinhos da bodega "Las Moras"? o Shiraz deles considerei muito agradável para o dia-a-dia,levando-se em conta o custo de 16 reais a garrafa.Custo benefício supreendente.