04 fevereiro 2009

Angheben Touriga Nacional 2005

Estive na Vinícola Angheben em outubro e gostei muito do que vi. A casa possui vinhedos em Encruzilhada do Sul, na Serra do Sudeste, mas sua cantina está no Vale dos Vinhedos. Os produtos são bem cuidados e têm ótima apresentação visual. O rótulo da foto está estragado porque na viagem de volta a companhia aérea quebrou duas garrafas, manchando várias outras.
Este vinho tem produção limitada (6700 garrafas), sendo um excelente exemplar de Touriga Nacional cultivada em solo brasileiro. Um vinho muito bem feito, que vale conhecer e com boa relação qualidade x preço (R$36, no varejo da vinícola).
Na taça apresentou coloração rubi, muito brilhante e com boa transparência, formando lágrimas lentas e grossas. Ainda um pouco acima da temperatura ideal, apresentou aromas iniciais a ervas e temperos. Com agitação na taça surgiram notas frutadas (frutos vermelhos delicados) e discreto floral (violetas).
De pouco corpo, é um vinho leve, com taninos doces, embora com alguma aspereza. Tem baixa acidez e retro-olfato frutado. Redondo em boca. Final mediano, com leve presença dos taninos e gostoso frutado, com algumas notas florais e de especiarias.
Vinho mais delicado do que potente. Muito elegante e equilibrado. Aliás, os vinhos desta vinícola se mostram muito bem feitos e elegantes. Na visita provei o Barbera 2007 e o Teroldego 2005, outros dois produtos que valem a pena conferir.

4 comentários:

Alexandre (Diário de Baco) disse...

Olá VPT!

tudo bem?

Pelo que vc escreveu ele é mais frutadão certo? Por acaso ele não passa por barrica ou não notou nele a madeira mesmo?

abs!
Alexandre

Vinho para Todos disse...

Alexandre, não sei lhe dizer se passa ou não por barrica. Na prova, não aparecerem os aromas característicos do carvalho ou estavam tão discretos que não consegui perceber. Se passar, não deve ser a totalidade do vinho, mas apenas uma parcela dele.

Saúde!

Vinho para Todos disse...

Ontem (17/FEV/2010) bebi minha última garrafa desse vinho. Estava muito macio e com um final lembrando café. Muito elegante e gastronômico. Um grande vinho nacional.

Saúde!

Flademir-Campinas disse...

Olá Alexandre!No fim de semana fiz um belo churras em casa e com um amigo enófilo tb provamos esse Angheben.Aromas leves de fruta madura tipo geléia de jabuticaba, na boca pouca coisa.Mas o corpo é mínimo, penso que a vinícola está no caminho e podem meljorar muito.