10 julho 2009

Condado de Almara Reserva 2003

É provável que este seja o vinho espanhol mais elegante e bem acabado que comentei neste blog. Um corte harmônico de tempranillo (70%) e cabernet sauvignon (30%), produzido na região demarcada de Navarra (sub-região de Ribeira Alta de Navarra), pela Bodega Macaya, casa fundada em 1999. Embora com passagem de 14 meses em barricas americanas e mais 12 meses em garrafa, a madeira não interferiu no conjunto, deixando aromas bem aparentes. Vinho de boa presença em boca.
Na taça apresentou coloração rubi com notas violáceas. Lágrimas muito lentas. Aromas iniciais de boa intensidade, lembrando frutos mais delicados, frutos secos e alguns temperos. Agitando a taça, veio muita fruta madura e compota. Elegante no nariz, estilo “velho mundo”, sem aquela “explosão de frutos vermelhos” com a qual estamos sendo obrigados a conviver na maioria dos vinhos.
Na boca é convidativo. De corpo médio, apresentou taninos finos, com ótimo equilíbrio entre acidez e álcool. Final longo, com fruta marcando o palato e elegante madeira. Boca levemente seca ao final, com taninos mandando recado (sem desagradar). Em alguns momentos apareceram aromas lembrando queijo ou algo lácteo.
Não pareceu ter 13,5% de teor alcoólico. Apresentou-se melhor a temperaturas mais altas, em torno dos 18ºC. Envelheceu muito bem e está pronto para beber. Ótima relação custo x benefício (R$ 37,50).

5 comentários:

victormirsky disse...

Realmente muito bom esse vinho, recebi alguns através da Sociedade da Mesa e estou pensando seriamente em mandar vir outros...

Nilson Roberto disse...

quem importa esse vinho??
e onde posso encontra-lo

victormirsky disse...

Que eu saiba esse vinho só veio para o Brasil através da Sociedade da Mesa, entra no site ( www.sociedadedamesa.com.br ) e dá uma olhada. Se você se cadastrar lembra de dizer que foi indicado por mim que aí eu ganho uma par de taças, hehehe.

Victor Sviatopolk Mirsky

Nilson Roberto disse...

Valeu Victor, não me esquecer de mencionar o seu nome.

Enoabraços

Stay Hungry, Stay Foolish disse...

A Sociedade da Mesa trouxe o 2004. No site da Bodega Macaya tem os prêmios desse vinho nas safras 2003 e 2002.
mas esse de 2004 que a Sociedade da Mesa trouxe, foi ela mesma que importou.