01 abril 2010

Cousiño-Macul Don Luis Sauvignon Blanc 2008 #cbe

Comprei esse vinho para comentar como o 40º da Confraria Brasileira de Enoblogs. Dessa vez a escolha coube ao Jeriel (Blog do Jeriel), que indicou um 100% Sauvignon Blanc chileno. Escolha livre, portanto!
Aqui em Uberlândia as opções não são muitas, então escolhi um vinho da tradicional vinícola
Cousiño-Macul que ainda não havia experimentado. Pela garrafa paguei R$35,90. O resultado foi satisfatório, mas não me encheu os olhos.
Na taça uma coloração amarelo palha, com discretos reflexos esverdeados. Brilhante. Tem bons aromas, demonstrando tipicidade. Às cegas certamente seria reconhecido como um SB. Floral em evidência, frutos cítricos (limão) e notas minerais em segundo plano. Sem indícios de passagem por madeira.
Na boca é melhor, com entrada doce e acidez pronunciada. Boca cheia. Macio. Retro-olfato floral e leve mineral. Leve, mas com vocação gastronômica por conta da acidez.
Final mediano, com aspectos florais e cítricos em destaque. Fundo da taça com aquele "aroma estranho" da Sauvignon Blanc que nunca consigo definir bem.
Vinho gostoso, equilibrado, mas que não é espetacular. Vale o preço, mas não será uma experiência astronômica: não verá estrelas!
.

5 comentários:

ferseq disse...

Prove o Sauvignon Gris da mesma vinícola.

Francisco Antero disse...

Pelo comentário, fiquei com a impressão de que o vinho é até bom, mas você, pelo jeito, não é muito fã da Sauvignon Blanc.
Se o vinho fosse mais barato, ganharia mais tacinhas?
Um abraço.

Vinho para Todos disse...

Francisco, não sou um provador profissional, por isso alguns aspectos acabam influenciando na "avaliação", nas tacinhas atribuídas. Esse vinho é bom, sem defeitos, mas não encanta. Talvez porque eu não seja fã da SB, embora se isso for verdade é algo involuntário, inconsciente.

Se fosse mais barato acredito que não atribuiria mais tacinhas, porque não é um vinho caro.

Saúde. Obrigado pelo comentário.

EstusiastaBSB disse...

Caro Vinho para todos,
Curto seu blog e gosto muito da sua ideia da Confraria, mas gostava mais quando era escolhido um só vinho para avaliação por todos, pois podíamos até comprar o mesmo vinho (que era um só) e apreciar melhor todos os comentários dos blogs participantes. Torço para que um dia volte a esse formato!

Abraço.

Vinho para Todos disse...

Prezado Entusiasta,

a mudança no sistema da CBE visou aumentar a participação dos confrades. Como alguns não encontravam o vinho indicado, deixavam de comentar. Nesse mês, por exemplo, 13 blogs fizeram comentários, porque a escolha foi livre, bastando que fosse um SB chileno.
Mas o sistema antigo ainda não foi descartado. O confrade que faz a indicação pode escolher o VINHO e não o TEMA. É esperar os próximos meses.

Obrigado pelo comentário e pelas visitas. Volte sempre.

Saúde!