22 abril 2010

Pizzato Chardonnay 2008

A Vinícola Pizzato dispensa apresentações, pois trabalha seus produtos com seriedade e a qualidade é boa, mesmo na linha Fausto, a mais simples. É pena que encontremos vez ou outra seus produtos tão mal cuidados nas prateleiras de alguns supermercados. Tenho certeza de que os produtores não gostariam de ver seus vinhos assim!
Mas esse chardonnay estava bem acondicionado. Foram produzidas 9.700 garrafas de 750 ml, sem passagem por madeira. Paguei R$26 pela garrafa de nº 1.523.
Na taça um bonito amarelo-dourado. Aromas moderados, frescos, presença dominante de abacaxi em calda. Na boca é leve e macio, com pouca acidez e retro-olfato começando a lembrar mel (uma ruga na face dos brancos).
Final curto. Retrogosto repetindo abacaxi e um pouco de mel. Discretíssimas notas defumadas apareceram. Vinho bem feito, cujo auge já passou, mas ainda é muito agradável.
.

3 comentários:

Alexandre disse...

Poisé Gil!

Taí um belo tema pra uma degustação da CBE: Colheita Tardia!

Fora isso, tenho muita curiosidade de provar esse chard da Pizzato!

um abraço!

Alexandre

Anônimo disse...

parabéns pelo post. Vejo muito isso com os vinhos da Pizzato nos supermercados. S]ao tão maltratados às vezes que não tenho coragem de comprar. Já experimentei esse chardonnay e gostei bastante, um vinho fresco, leve, aromático, ideal para nosso clima.
Sou seguidor assíduo do blog.
Valeu.

Fabiano Horta

Sandra Carolina disse...

Não sei vocês, ma eu já visitei a Vinícola. Quando fui, eles estava em reforma, mas o tratamento recebido foi indefectível. E os produtos realmente são surpreendentes. Adoro esse vinho.