19 junho 2010

Angelica Zapata Malbec Alta 2004

Ganhei esse vinho da minha esposa em agosto de 2009, junto com o Chardonnay da mesma linha e que já foi comentado aqui (relembre). Esse Malbec foi degustado em 17 de abril. Um vinho da Bodega Catena Zapata, de uma linha muito correta e que dispensa maiores apresentações.
Interessante anotar que esse vinho é um blend de uvas Malbec de diferentes vinhedos da bodega, que dão ao vinho uma boa complexidade.
Estão situados em altitudes diferentes, que obviamente resultam em uvas com características distintas: vinhedo Angélica (860 m), vinhedo La Pirámide (940 m), vinhedo La Consulta (900 m), vinhedo Adrianna (com parcelas a 1470 m e 1390 m).
O vinho passa 18 meses em barricas de carvalho francês, sendo metade delas de madeira nova. Possui 14% de teor alcoólico.
Na taça apresentou uma bonita coloração púrpura. O halo não demostrava que o vinho tivesse 6 anos, pois ainda não tem tendência ao rubi ou alaranjado. Aromas intensos, inicio terroso, frutos secos, côco, leve tostado e um pouco de especiarias. Após alguns instantes apareceu frutado maduro, dando ao vinho uma boa complexidade.
Na boca tem médio corpo, com taninos ainda vivos e um pouco rascantes, pouca acidez. Retro-olfato marcado por notas de frutos secos, côco e frutas vermelhas em menor escala.
Final é mediano para as frutas vermelhas, deixando madeira mais em evidência. Boca enrugada e seca, também marcada por leve tabaco e côco.
Vinho que confirma sua fama. Não tem notas doces e frutado é elegante, com boa complexidade e equilíbrio. Vinho sério, com álcool dando potência sem incomodar. Pelo exame visual e pela presença de boa carga tânica, acredito que ainda pode evoluir com alguns anos em garrafa.
É um grande vinho, sem dúvida. O único detalhe que me deixou pensativo é sua relação qualidade x preço. Na faixa dos $115-120, merece ser degustado por ser uma experiência interessante, mas será que vale comprar sempre?

.

8 comentários:

Alexandre (Diário de Baco) disse...

Oi Gil...

Ontem experimentei o Amayna Syrah e me fiz exatamente a mesma pergunta.

Acho que na verdade, alguns vinhos tem um percentual adicional em sua composição de preço chamado "fama".

abs
Alexandre

Vinho para Todos disse...

Alexandre, eu pensei o mesmo em relação ao Amayna Pinot Noir. Eu esperava muito mais dele e não tenho coragem de comprar novamente. É caro pelo que apresenta.

Pelo menos é o que eu penso.

Saúde.

Anônimo disse...

Já tomei desse vinho e a discussão do custo benefício me ocorreu também. Acredito que o Catena Malbec é mais simples, mas tem um preço mais justo que esse. Prefiro comprar duas (ou quase duas) garrafas do outro a esse Angelica.
Não sei se vocês se lembram, mas esse vinho ficou mais em evidência no Brasil depois que o Ed Motta falou dele num programa de televisão, que não me recordo o nome agora. É a força da mídia, da fama, encarecendo os vinhos dos maiores pagadores de impostos do mundo: nós, os brasileiros, que a essa altura só nos importamos com a Copa do Mundo e nos esquecemos desse detalhe.

Anônimo disse...

Concordo que o Catena Malbec é quase imbatível na relação custo/benefíco. O Angelica é muito bom mas sempre fico com a mesma dúvida a respeito do preço.
Abs.
Ronaldo

e n o t r i p disse...

Eu acho esse vinho fantástico. Estarei indo em setembro para Mendoza e espero conhecer a vinícola. Parabéns pelo blog, se quiser conhecer nosso projeto acesse www.enotrip.com.br

Grande abraço.

Tiago

e n o t r i p disse...

Eu acho esse vinho fantástico. Estarei indo em setembro para Mendoza e espero conhecer a vinícola. Parabéns pelo blog, se quiser conhecer nosso projeto acesse www.enotrip.com.br

Grande abraço.

Tiago

Anônimo disse...

A faixa de R$ 120 é absolutamente justa para o Angelica Malbec, que é bem superior em complexidade ao Catena Malbec. O maior problema é que a Mistral, que distribui o vinho no Brasil, já reajustou o preço para a faixa de R$ 160, e aí sim a relação custo-benefício se perdeu. De qualquer forma, recomendo o vinho para quem não conhece porque ele realmente é um malbec especial.

Evandro sussekind disse...

Boa observação, o DV.Catena compensa muito mais. Abs!