09 novembro 2010

Cartuxa Colheita Tinto 2005

Minha esposa me deu esse vinho no ano passado, numa dessas brincadeiras de "amigo secreto". É um famosíssimo produto no Brasil e acredito que na faixa de preços deve ser um dos vinhos portugueses mais vendidos. Encontrei na internet preços variando entre $90-105.
É produzido pela tradicional Fundação Eugênio de Almeida, na região do Alentejo, mais especificamente em Évora, sub-região também conhecida pelo famoso Pêra Manca, igualmente produzido pela EA.
.
Seu nome está associado aos monges Cartuxos, que desde 1587 vivem solitários no Convento de Santa Maria Scala Coeli, em Évora. A primeira safra produzida foi 1987.
Como vinho representativo da região, leva no corte as tradicionais Aragonez, Alicante Bouschet, Alfrocheiro e Trincadeira, com estágio de 12 meses em tonéis e barricas de carvalho francês, além de 8 meses em garrafa. O enólogo é Pedro Baptista.
.
Na taça uma bonita coloração rubi, com lágrimas bastante lentas (13,5% de teor alcoólico). Aromas intensos, típicos dos vinhos alentejanos, com frutado muito maduro (indicando ameixa) e especiarias.
Tem corpo médio, com taninos doces e maduros, acidez em boa conta. Retro-olfato frutado. Álcool esquentou um pouco o vinho.
Final longo, marcado por fruta madura e notas tostadas da madeira, que integrou-se bem ao conjunto. Apareceram notas de mel e compota, indicando boa evolução. Está num bom momento para consumo. Após aberto a sensação de calor dada pelo álcool diminuiu um pouco. Se tivesse que apontar um problema para esse vinho é a presença do álcool. De resto, um vinho que deve ser provado, apesar do preço alto.
.
.

2 comentários:

Anônimo disse...

tomei esse vinho há uns 2 meses atrás e ele tava bala!
Prontíssimo e delicioso. Adoraria achar outro 2005 em algum lugar por aqui.
E não senti esse Alcool na ocasião. Tava muito redondo o vinho e me surpreendi positivamente.

Abs
Buko

Anônimo disse...

Acho que (junto com o Esporão, do Lagarto) está entre os melhores vinhos que já tomei. Acho até que esse está pouca coisa na frente dos outros. Mas o colheita 2004 achei melhor que o reserva 2005 dele. Muito bom! Não senti esse alcool todo não. Talvez no 2005 um pouco mais. Acho que merecia 5 tacinhas, rs!

Abs,
Daniel MC.