28 janeiro 2011

Don Ziero Vintage Clássico 2002

Esse é um surpreendente produto brasileiro, elaborado pela Vinícola Cordelier, no Vale dos Vinhedos. Comprei uma garrafa (R$ 45) no varejo da vinícola localizado no andar de baixo do excelente restaurante Don Ziero. Arrisco a dizer que por esse preço não há vinhos do Porto melhores no mercado brasileiro. Pelo menos os que conheço não tem a mesma personalidade.
.
Na taça um vinho com boa evolução, de coloração vermelho grená e bordas alaranjadas, formando lágrimas finas na taça. Os aromas vieram em grande intensidade, um frutado maduro, lembrando frutos secos, mel, tabaco e álcool de leve (18% de teor).
Tem bom corpo, com taninos marcando presença, assim como uma boa acidez. Adocicado em boa medida, sem exageros, sem ser enjoativo. Final longo, frutado, com boa complexidade, toques amadeirados, tabaco, chocolate e mel. Álcool aparecendo sem destoar. Palato com fruta e madeira, chamando para o próximo gole. Combinação perfeita para sobremesas e queijo Gorgonzola.
.
Enviei mensagem para a vinícola tentando descobrir mais detalhes técnicos sobre o vinho, como variedades e método de elaboração, mas não me responderam. Mas essa falta de atenção não me impedirá de visitá-los na próxima vez que for ao Vale e comer no ótimo restaurante Don Ziero.
.
.

5 comentários:

..::Mundo Vitis::.. disse...

Também adquiri uma garrafa destas na última viagem a Serra Gaúcha.
Parabéns pela descrição, está perfeita.
Abraço,

Roger Eduardo Freire

ET: fiz um post sobre este rótulo em meu blog http://mundovitis.blogspot.com/2010/09/don-ziero-vintage-2002.html

Vinho para Todos disse...

Roger, obrigado pela visita e comentário.

Li seu post e achei muito bacana. Parabéns.

Vou incluir o link de seu blog no menu à direita do VPT.

Saúde!!!

Anônimo disse...

De curiosidade, não parece ser esse o caso, já viu a galeria de fraudes no site sobre vinho do Porto?
http://www.ivp.pt/pagina.asp?codPag=96&codSeccao=6&idioma=0

Fernando

Silvia disse...

Infelizmente a Cordelier será fechada.
Estão liquidando o estoque.
A linda propriedade na entrada do Vale foi vendida.
O restaurante, ao que tudo indica, será mantido, mas onde se faz vinho serão feitos destilados.
Quem me contou foi o ex-enólogo chefe de lá, o talentoso Dario, na última 6a feira, lá em Bento.
Triste notícia.
Sílvia
P.S.: Há uma notícia sobre isso em meu blog

Anônimo disse...

Silvia,

Farão Brandies?
Seria bom

Bodó