23 agosto 2011

Revista Casa e Comida indica vinhos de até $50

Minha esposa gosta muito da revista Casa e Comida, uma publicação bimestral da editora Abril. Na última edição (nº 12 - ago/set) trouxe indicações de vinhos na faixa até $50. As sugestões foram elaboradas por um grupo de cinco especialistas: Jô Barros (sommelière do restaurante Dui, em São Paulo), Daniela Bravin (do Ici Bistrô), Eliana Araújo (autora do livro Passaporte do Vinho), Cecília Aldaz (do restaurante Oro, do Rio de Janeiro) e Dionísio Chaves (sommelier do restaurante Duo, no Rio de Janeiro).

Segue a lista completa abaixo com algumas observações que fiz. Escolhi um vinho em cada categoria, aquele que me parece a compra mais segura.

Espumantes

- Mionetto Vivo, Itália, R$44, na World Wine
- Cave Geisse Brut, Brasil, R$45, na Vinícola Geisse
- Adolfo Lona Brut Rosé, Brasil, R$42, no Empório Perdizes
- Cava Don Román Brut, Espanha, R$33, na Casa Flora

* Minha indicação: Cave Geisse Brut

Brancos

- Matile Pinot Grigio IGT 2009, Itália, R$32, na Decanter
- The Wolftrap White 2009, África do Sul, R$36, na Mistral
- Infinitus Chardonnay/Viura 2009, Espanha, R$28, na Mistral
- Pizzorno Don Próspero Sauvignon Blanc 2008, Uruguai, R$38, na Grand Cru
- Robertson Chenin Blanc 2010, África do Sul, R$23, na Vinci

* Minha escolha: Matile Pinot Grigio IGT 2009. Acrescento como sugestão: não comprar vinhos brancos nessa faixa de preços se a safra não for recente. Aposte nos vinhos 2010 que estarão em sua melhor forma. Se encontrar 2009 e tiverem sido bem armazenados, pode comprar.

Rosés

- Marquês de Aldaz Rosado 2009, Espanha, R$23, na Vinci
- Cisplatino Rosé Cabernet Franc 2009, Uruguai, R$29, na Mistral
- Kankura Maillén Rosé, Chile, R$23, na Grand Cru
- Alentex Rosé, Portugal, R$39, na CCA

* Minha escolha: Cisplatino Rosé Cabernet Franc 2009. As observações para os rosés são as mesmas que fiz para os brancos.

Tintos

- Paulo Laureano Clássico Aragonês/Trincadeira 2009, R$36, na Adega Alentejana
- Caldas Douro 2008, Portugal, R$48, na Decanter
- Santa Cristina Sangiovese/Merlot 2009, R$48, na Winebrands
- Vini Farnese Montepulciano D'Abruzzo DOC 2009, Itália, R$36, na World Wine
- Heartland Stickleback Red, R$46, na Grand Cru

* Minha escolha: Paulo Laureano Clássico Aragonês/Trincadeira 2009.

Sobremesa

- Fernando de Castilla Jerez Cream, Espanha, R$35, na Casa Flora
- Norton Cosecha Tardia Chardonnay, Argentina, R$24, Winebrands
- Tabali Late Harvest 2009, Chile, R$35, na Grand Cru
- Porto Tawny Comenda, R$ 37, no Pão de Açúcar

* Minha escolha: Fernando de Castilla Jerez Cream.

Boas compras!

3 comentários:

Joel Bueno disse...

Dicas excelentes. Concordo 100% com a indicação do Cave Geisse. É a categoria onde posso dar pitaco.

Vou procurar os outros vinhos no mercado do Rio. Em especial o Paulo Laureano, já que por motivos familiares aprecio muito os vinhos portugueses.

Parabéns pelo blog, que é uma das minhas referências no mundo do vinho!

Paulo Ruas disse...

Boa noite. Acabo de tomar contato c/ seu blog, gostei muito do nome dele e estou em atual momento de aprendizado e aprofundamento no mundo dos vinhos.
Pergunta: Porque você não indica nas tais faixas de preço vinhos brancos e rosês. O que a faixa de preço tem a ver c/ esse tipo de vinho nesse caso?
Grato.

Vinho para Todos disse...

Paulo, na verdade não tem nenhuma relação a faixa de preços; é que bebo muito mais vinhos tintos que brancos ou rosés. Tenho mudado um pouco isso porque minha esposa prefere muito mais esses últimos, então tenho bebido com maior frequência. Mas não deixo de comentar porque são vinhos baratos.
Obrigado pela visita e comentário.
Saúde!!!