28 outubro 2011

Produtor clássico: Louis Jadot Chardonnay Bourgogne AOC 2009




Comprei esse vinho no free shop a US$20. É importado para o Brasil pela Mistral. Mas desconfio que não essa linha, que deve ser uma das mais baratas desse tradicional produtor da Borgonha, a Maison Louis Jadot, fundada em 1859.

Nos livros de referência sobre a região, é considerado um "produtor notável", como no Atlas do Vinho. Para o crítico Robert Parker, é um dos "melhores produtores do mundo". A produção é centrada na Borgonha, com vinhedos distribuídos em 4 propriedades, totalizando cerca de 150 hectares. 

Numa compra como essa o desafio é saber se o vinho levará 4 ou 5 taças na minha avaliação, porque a qualidade do produtor já o coloca numa situação privilegiada. Aliás, quando comprei esse Chardonnay também comprei um Pinot Noir, que em breve será comentado aqui no blog também. Apenas um defeito na rolha ou um mal armazenamento poderiam atrapalhar o vinho. Não foi o caso. 

Na taça um coloração amarelo palha. Aromas intensos, mineralidade em evidência, frutos de polpa branca (pêra e abacaxi) e leve amenteigado. É leve, mineral, com boa acidez e repetição do amanteigado. Certa potência dada pelo álcool, mesmo a 12,5%. Final um tanto ligeiro, marcado por frutos brancos, palato mineral e manteiga. A boa acidez é o aspecto mais interessante desse vinho, dando a ele condições de acompanhar comida. 

Uma boa compra a esse preço, sem dúvida, embora não possa afirmar o mesmo se no mercado brasileiro fosse vendido a R$ 100, por exemplo.

Saúde a todos!


Nenhum comentário: