30 novembro 2011

Caçarola de pernil suíno, abacaxi e cogumelos


Acabei ficando sem postar alguns dias, mas estou de volta e com muita coisa pra contar.

Estou tendo a oportunidade de vivenciar algumas coisas que ficaram perdidas por tanta correria.

No final de semana que passou acompanhei o Gil a um encontro de vários blogueiros do vinho e da gastronomia, em São Paulo. Foi para comemorar o aniversário do Cláudio Werneck, marido da querida Rafaela Giordano, que aproveitaram a oportunidade para comemorarem os 5 anos do blog deles, o Le Vin au Blog.

Foi um encontro muito agradável e tive a oportunidade de conhecer várias pessoas que já faziam parte do meu dia-a-dia, mas somente via internet.

Sentamos ao lado do casal Marcel e Nina, do blog Gourmandise. Pessoas muito cultas e que tive o prazer de conversar por várias horas. Confesso nesse post que eles me fizeram ficar extremamente curiosa por informações sobre pães e principalmente sobre o Xerez, um vinho curioso e sobre o qual contarei um pouco mais assim que adquirir experiência sobre o tema.

Além desse encontro que foi muito especial, na semana que se passou tivemos a oportunidade de elaborar nosso próprio vinho para o concurso “Meu vinho com Susana Balbo”, uma realização da bodega Domínio del Plata e da importadora Cantu. Uma tarefa bem difícil e, confesso, cansativa. Elaborar um vinho não tendo experiência e com poucas ferramentas (pipeta + proveta), contando somente com o nariz e o paladar, não foi fácil. Mas, foi uma aventura e estamos na disputa. 

Depois dessa incursão na enologia, passei uns dias ao lado da minha Mama, que passou por um processo cirúrgico, mas está tudo bem e (tirando a parte ruim da história) foi bom pois tive a oportunidade de ficar pertinho dela, cuidar e dar colo a quem fez tanto por mim. 
Estou contando tudo isso para justificar a minha ausência e ficar em paz com minha consciência. Tenho a responsabilidade de atualizar sempre meus posts, porque o Gil é muito disciplinado, então tenho que seguir à risca a agenda de publicações. 

Continuando o jantar aqui em casa, falo hoje sobre a caçarola de pernil suíno, abacaxi e cogumelos.

Ingredientes:
- 1 kg de pernil suíno
- azeite, alho, sal e pimenta do reino a gosto
- 50 ml de shoyo
- 150 g de cogumelo shiitake
- 150 g de cogumelo shimeji
- ½ abacaxi
- 1 colher de sopa de manteiga
- cheiro verde a gosto

Modo de preparo:

Em uma frigideira ou Wok coloque o azeite o suficiente para refogar a carne, que deverá estar cortada em cubos pequenos e temperada com sal, alho e pimenta do reino. Refogue a carne normalmente com se fosse fazer um cozido.

Em outra panela, coloque manteiga e deixe derreter. Acrescente os cogumelos, lembrando de separar o shimeji e fatiar o shiitake. Deixe refogar. O segredo é não cozinhar muito e não acrescentar água, assim que eles estiverem sequinhos, acrescente o shoyo.

Se sua carne já estiver cozida e sem caldo, coloque o abacaxi cortado em cubos. Mexa por 2 minutos e desligue. Acrescente os cogumelos e mexa. Coloque no prato que escolher para servir e decore com cebolete. Como podem ver na foto eu usei cebolinha, porque por aqui achar cebolete é como ganhar na loteria.

Metendo a colher:

- Cogumelos e trufas pertencem ao reino dos fungos. Antes de cozinhar, para limpar os cogumelos frescos, basta remover os vestígios de terra ou areia. Você pode até lavar, desde que seja rapidamente. 

- Nunca deixe cogumelos frescos de molho, porque eles absorvem rápido a água e ficam encharcados. 

- Se escolher cogumelos secos, coloque-os em uma tigela de água quente, deixe-os mergulhados por um tempo de 15 minutos para reidratarem. Use uma escumadeira para retirá-los do molho.

O vinho que acompanhou esse prato foi o Salton Talento 2006, comentado mais cedo. A harmonização ficou boa. Não sei foi a melhor escolha, mas não fez feio. O vinho é elegante, tem boa estrutura e não houve nenhuma incompatibilidade. 

Bom apetite!

Érika Mesquita
 

2 comentários:

Anônimo disse...

Érika,

sou leitora do blog a algum tempo e senti que deu um "up grade" depois que vc começou a publicar as receitas.

Gostei da simplicidade dos pratos, não que sejam triviais, mas podem ser feitos por qualquer pessoa em casa, mesmo que não tenha muita habilidade na cozinha, que é meu caso.

Fiz a receita do risoto com quiabo e gostamos muito. Essa carne suína já está na minha lista para os próximos dias.

Obrigada,

Luzia Martins Borges
Goiânia/GO

Érika Mesquita disse...

Luzia, fico feliz que vc tenha achado que com a minha coloboração o blog está em um up grade. Realmente acho que o que mais me faz ser apaixona pela cozinha é o fato que gosto de descomplicar e fazer coisas facéis mas sem perder o glamour e sofisticação. Acho que não precisa ser estressante a terapia que é cozinhar pra família e para os amigos, mande sempre sua opinião, dicas ou até mesmo fotos dos seus pratos.

Obrigada.

Érika Mesquita