18 novembro 2011

Escorrega igual a quiabo...


Este é um daqueles ingredientes que a maioria das pessoas tem preconceitos. É um pouco feio, pra quem não sabe fazer ele baba, e existem aqueles que nunca experimentaram e dizem: eu não gosto de quiabo!

Eu adoro este ingrediente, e é uma revelação nas receitas daqui de casa: prático, fácil de encontrar e tem preço de banana. Se vocês leram os posts anteriores, sabem que estamos dando sequência a um jantar que fizemos aqui para alguns amigos. Depois da entrada, com o espumante, abrimos um vinho branco que eu sempre gostei e confesso que este 2011 está muito bom. Para acompanhar o vinho fiz um risoto de quiabo. Este famoso prato italiano ganha interpretações variadas no mundo inteiro, com ingredientes diferentes. Mas a técnica básica é apenas uma. 



Ingredientes:

- 300 g de quiabos, lavados, secos e em pedaços cortadas na diagonal.
- 400 g de arroz arbóreo ou carnaroli.
- 150 ml de vinho branco seco.
- 1 1/2 cebolas cortada em pequenos cubos.
- 3 dentes de alho triturados.
- 1 1/2 litro de caldo de galinha ou de legumes (aqui em casa faço com antecedência e leva ervas, temperos, cenoura e alho poró).
- 50 g de queijo parmesão ralado.
- 2 colheres de sopa de manteiga.
- sal e pimenta do reino moída na hora

Modo de Preparar

- Coloque um pouco de manteiga numa panela e deixe esquentar. Adicione o alho sempre antes da cebola, pois a cebola solta água e não deixa o alho refogar.
- Junte o arroz e refogue bem.
- Adicione o vinho, continuando a mexer, até evaporar o álcool.
- Coloque o caldo (de galinha ou legumes) aos poucos, sempre mexendo.
- Quando o arroz estiver quase no ponto, acrescente o quiabo que deverá ser feito em um frigideira separadamente, apenas com azeite quente ou manteiga. Frite os quiabos secos sem mexer muito e no final tempere com sal. Ele ficará sequinho, e não precisa usar mais nada.
- Verifique os temperos e corrija, se necessário.
- Assim que o arroz estiver no ponto, coloque a manteiga e continue mexendo.
- Adicione o queijo parmesão ralado, e dê uma ultima misturada.
- Sirva imediatamente.



Metendo a colher

- O segredo para ter um risoto saboroso de quiabo é acrescentar o quiabo apenas no final, pois se ele cozinha muito fica amarelo e babento. Frite sempre em azeite quente (óleo ou manteiga) e nada de mexer muito.
- É um prato fácil e que impressiona, principalmente aos que não tem muito costume de comer este ingrediente.
- Separe sempre um pouco de quiabo para jogar por cima do risoto, fica bonito e os que ficam por cima são crocantes e muito saborosos.
- Sobre a harmonização, ficou assim dos Deuses, esta receita também fica boa com tintos leves, como um Pinot Noir

Bom apetite!

Érika Mesquita

Nenhum comentário: