24 novembro 2011

Nem brincando é fácil ser "enólogo"


Anteontem Érika e eu tiramos o finalzinho da tarde e boa parte da noite para elaborarmos nosso vinho, um corte feito a partir de 5 amostras enviadas pela Importadora Cantu e pela enóloga Susana Balbo

Depois de algumas horas de tentativas, erros e acertos, chegamos a um percentual que foi enviado na mesma noite à organização do concurso "Meu vinho com Susana Balbo" (ver mais detalhes aqui). 

Mas de toda essa experiência muito interessante ficaram lições preciosas. A mais importante delas eu escrevi na mesma noite no Facebook e reproduzo aqui no blog: 

"Nenhum dos blogueiros que participa desse concurso despreza o trabalho do enólogo. Mas acredito que muitos de nós (senão todos) sairão dessa experiência respeitando ainda mais o trabalho desses profissionais. Mesmo sem qualquer responsabilidade, já que corremos pouquíssimos riscos, a tarefa não foi fácil. Elaborei meu corte, mas ficaram muito mais dúvidas do que certezas para trás". 

Saúde a todos!

Um comentário:

Anônimo disse...

Show!!!