20 novembro 2011

Simples e honesto: La Belière Rouge Bordeaux 2009


Parece certo haver um grande risco na compra de vinhos baratos de Bordeaux. A maioria dos que experimentei são vinhos sem personalidade, difíceis de beber e sem muitos atrativos.

Então, quando comprei esse tinto (R$ 45) pensei em todos esses aspectos negativos, mas foi por uma boa causa: cada garrafa adquirida dava direito a um cupom para concorrer a uma viagem para a França, para a região de Bordeaux.  Risco calculado.

Mas, felizmente, o vinho também é satisfatório. Não é um grande vinho e nem poderia ser, mas é mais "bebível" que a maioria. Aliás, a esse preço é até surpreendente.

É um corte em que predomina a Merlot (65%), completada com Cabernet Sauvignon (20%) e Cabernet Franc (15%), sem passagem por madeira.

Na taça, coloração púrpura, límpido e com boa transparência. Aromas em boa intensidade, frutos vermelhos, ameixa, algo balsâmico, groselha e algumas especiarias. Álcool aparecendo de leve (13,5%). 

Na boca é leve, simples, repetindo intenso frutado (especialmente groselha), com taninos presentes, com alguma adstringência. A acidez está em boa dose, deixando o vinho com vocação gastronômica. Final mediano, deixando boca seca e lembrança frutada.

É produzido pela tradicional Baron Philippe de Rothschild

Saúde a todos!




2 comentários:

Diana Pádua - Wine.com.br disse...

Olá, Gil, tudo bem?

Que ótimo, ficamos felizes que você tenha gostado do La Bélière. :)

De fato, foram 2 anos procurando um Bordeaux que representasse bem a região, com um preço acessível e fácil de beber.

Bom, novamente me coloco à disposição para o que precisar.

Grande abraço,
Diana

Leigo Vinho disse...

Eu experimentei e não gostei.
Não compraria de novo, mesmo levando em consideração a viagem.

Abs