02 janeiro 2012

O primeiro vinho do ano vem de Salta: Pietro Marini Torrontés 2010 #cbe


Começamos o ano com uma postagem sempre muito agradável, o vinho do mês para a Confraria Brasileira de Enoblogs - CBE, que desde fevereiro de 2007 publica mensalmente boas indicações para os leitores dos blogs participantes.


Em dezembro, o confrade Deco Rossi escolheu dois temas. O primeiro foi um espumante para as festas de fim de ano, já publicado (relembre). O segundo tema foi: "vinho branco do Novo Mundo, exceto Chardonnay e Sauvignon Blanc, de qualquer faixa de preços".

Nossa escolha foi bem rápida, pois tínhamos comprado há alguns dias os vinhos da Bodega El Transito, de Salta. Compramos esse Torrontés, um Malbec, um corte (CS+Syrah) e o top da vinícola, chamado Pedro Moisés, também um corte, mas de Malbec, Tannat, CS e Syrah, de vinhedos com mais de 40 anos de idade. 

Há algum tempo comentamos um vinho dessa vinícola, um tinto da linha Pietro Marini, corte de Cabernet Sauvignon e Syrah que agradou muito (relembre). 

Esse Torrontés tem cor amarela com reflexos esverdeados. Aromas intensos, primeiro com presença clara de lichia, mas também outros frutos brancos e uma algo cítrico lembrando limão siciliano. Notas florais em segundo plano.

Na boca a acidez está bem presente, dando frescor ao vinho. Fruta, flores e uma lembrança mineral formam um conjunto bem harmônico, ideal tanto para bebericar quanto para acompanhar pratos leves à base de frutos do mar e saladas.

Final longo, repetindo frutos, flores e um toque mineral (salgado) em grande evidência. A acidez convida para o próximo gole. Vinho daqueles que podemos chamar de "didático", pois consegue demonstrar com clareza as características da variedade e de seu terroir.

O preço é bastante atraente: R$ 39. Excelente compra, em nossa opinião. 

Avaliação VPT = 88/100 pontos.

Saúde a todos!


Um comentário:

Vinho para Todos disse...

Bebemos novamente esse mesmo vinho no dia 5 de março de 2012.

As características se mantêm.

Boa escolha realmente!