06 março 2012

O Charme da Vallontano e seu café


A primeira vez que visitamos a Vallontano foi em 2008. É uma charmosa vinícola de boutique, uma das primeiras para quem entra para o Vale dos Vinhedos por seu principal acesso. Além de produtora de vinhos consistentes, seguros e de preços atraentes, a vinícola mantém um Café que também serve de varejo para degustação e venda de seus vinhos. 

Em outubro de 2008 o Café estava fechado, mas em visitas seguintes conseguimos perceber que o espaço é bastante agradável. Mas nossa sensação é de que faltava uma direção mais focada para aquele espaço, uma lacuna que parece ter sido preenchida com a terceirização. 

Desde 1º de novembro do ano passado a administração do Café está a cargo da Jaqueline Schutkoski (administradora de empresas) e Michele Zortéa (enóloga e sommelier). Quem nos atendeu no varejo dessa vez foi a Jaqueline, que gentilmente conduziu a degustação dos seguintes vinhos:

- Vallontano Espumante Brut - Elaborado com as variedades Chardonnay e Pinot Noir, pelo método Charmat, é um espumante cremoso, com bons aromas, boa acidez e equilíbrio (R$43).

- Vallontano Chardonnay 2011 - Vinho com boa fruta madura e bom frescor, sem passagem por madeira. Pronto para beber (R$45).

- Vallontano Cabernet Sauvignon Reserva 2005 - Um clássico, que sempre repito quando vou à vinícola. Vinho que evoluiu no decorrer desses 7 anos, tem boa estrutura e está num ótimo momento para consumo (R$53). 

- Vallontano Tannat Reserva 2008 - Vinho de boa estrutura e com longa vida pela frente. Custo x benefício muito bom (R$39),

O único produto que não está disponível para degustação é o espumante top da vinícola, o Espumante Extra Brut Luiz H. Zanini, elaborado pelo método tradicional (champenoise) a partir de uvas Chardonnay e Pinot Noir, com 2 anos de autólise de leveduras.

Curiosamente havia apenas 5 garrafas no varejo. Segundo nos informou a Jaqueline Schutkoski eram as últimas, pois somente restavam as "garrafas históricas" para a vinícola. Então, não tivemos dúvida em levar 2 garrafas a R$79 apostando nas boas referências sobre esse espumante.      

Após a degustação bati um papo com a Jaqueline, que informou que o local passará por uma reformulação conceitual e na filosofia de atendimento, bem como o cardápio será mudado. Essas mudanças são importantes porque o turista do vinho quer mais que um café expresso, pois deseja opções que harmonizem com os vinhos oferecidos no varejo. 

Nosso desejo é que essas mudanças estejam implementadas na próxima visita. A única coisa que não pode mudar é a atenção com que fomos recebidos. Isso na Vallontano nunca faltou.

Saúde a todos!   


Nenhum comentário: