13 abril 2012

Boa compra: Santa Julia Espumante Brut


Não temos o costume de comprar espumantes argentinos ou chilenos. A explicação é simples: na faixa de preços de nosso cotidiano há pouca coisa realmente interessante. Por isso é que o espumante brut da linha Casillero del Diablo causou tanta surpresa por aqui (relembre).

Mas gostamos dos vinhos da Familia Zuccardi, então esse brut foi uma tentativa de melhorar o conceito que temos a respeito dos espumantes argentinos. Os vinhos dessa bodega vão desde os mais acessíveis e encontrados em supermercados até ícones, como o Zeta.

Não é um espumante safrado, o que indica que as uvas podem ser de safras diferentes. É elaborado pelo método Charmat. O vinho base leva 40% de Chardonnay, 45% de Pinot Noir e 15% de Viognier. Essa última variedade tem sido muito bem trabalhada pelas bodegas argentinas, com vinhos brancos de muita qualidade.

Na taça a coloração é um dourado claro. Perlage com bolhas medianas. Aromas em boa intensidade, com destaque para frutos brancos (abacaxi, maçã), casca de pão e algo lembrando carvalho, talvez pela passagem do vinho base por barricas.

Em boca é seco, com pouco açúcar residual, acidez marcante, forte presença dos aromas da fermentação se repetindo. Boa complexidade e estrutura. Um espumante com notas de evolução, repito, talvez indicativas de passagem por carvalho. Final persistente. Espumante com estrutura para acompanhar pratos mais condimentados. Tem 13% de álcool.

Enfim, não é um estilo que me agrade muito, mas não há como não reconhecer as virtudes do vinho. É vendido a R$48 no site do importador. Boa compra.

Saúde a todos!





Nenhum comentário: