30 maio 2012

Mesmo cansado dessa uva, gostei do Mundvs Malbec 2007



Abri esse vinho no dia 22 de abril, na casa do amigo Paulo Rabelo, um amante das loiras, ruivas e morenas... as cervejas. Tanto que criou um blog (Cervejas do Paulo), mas anda bebendo mais do que escrevendo.  

Levei o vinho e não esperava fazer anotações ou publicar a respeito, porque já havia comentado a safra 2006 (relembre). Além disso, não ando muito empolgado com vinhos Malbec. Acho que com o passar do tempo, com alguma litragem, os enófilos começam a achar esses vinhos muito parecidos e os deixam de lado, assim como os Carmenère e outros por aí.

Mas quando servi o vinho alguns aspectos me chamaram a atenção e valeram esse post. Primeiro porque é um vinho com um aroma vegetal e de especiarias bastante raros nos Malbec que vemos por aí, indicando que na boca poderia se revelar um vinho diferente. Um tostado bem evidente também chamou a atenção, provavelmente pelo uso de barricas novas. 

Também foi um vinho que evoluiu bastante depois de aberto. A fruta madura que por vezes é enjoativa apareceu depois de um tempo, mas mesclou muito bem com as outras características, resultando num vinho com boa complexidade para a faixa de preços (R$ 45-50). No início era um vinho um pouco mais duro, mas rústico, mas no final ficou mais fácil, abrindo-se para uma boa fruta madura. 

É elaborado pela Casa Valduga em solo argentino, dentro da proposta da vinícola brasileira de produzir vinhos em grandes terroirs mundo afora. Boa compra.

Saúde a todos!



3 comentários:

Tiago Cunha disse...

Gil,

Comentei este mesmo vinho a 6 dias atrás, e também tive uma boa visão dele.
No seu post, achei interessante a característica do tostado que, ao relembrar meu vinho, me vem presente, embora não tenha relacionado no post.
A "dupla nacionalidade" deste rótulo me fez achá-lo ainda mais interessante.

Abraços e saúde.

Gil Mesquita disse...

Grande Tiago,

parabéns pela criação do blog.

acho que somos os únicos advogados que possuem blog de vinho no Brasil.

não sei sei isso é bom ou ruim, mas é pitoresco, rsrs.

saúde!

Gil Mesquita
www.vinhoparatodos.com

Universo dos Vinhos disse...

Amigos advogados, saúde!
Provei este vinho às cegas na vinícola a algumas semanas atrás e também fiquei bem impressionado; é um Malbec distinto realmente. Pretendo prová-lo com mais calma, é um vinho bem interessante.
Abraço
Tiago Bulla
www.universodosvinhos.com