13 junho 2012

Um excelente vinho argentino de oito anos: Chakana Estate Selection 2004



Esse vinho foi trazido pelo amigo Cristiano Orlandi e foi uma das ótimas experiências que vivemos nos dias de convívio aqui pelas bandas de Minas/Goiás no final de abril. 

É produzido pela Bodega Chakana, uma jovem vinícola de Mendoza, fundada em 2 de maio de 2002. Trata-se de um corte de 60% Cabernet Sauvignon, 20% Malbec e 20% Petit Verdot, com produção reduzida de 6.000 garrafas.

Essa linha, Estate Selection, é a mais alta da vinícola, mas no siste atualmente só está disponível um Malbec da linha. Por essa razão não sei indicar o tempo que o vinho passou por barricas.  Se pararam de produzir esse corte, só tenho a lamentar.

Abrimos o vinho e deixamos no decanter por 30 minutos, o que parece lhe ter feito bem. 

Na taça a coloração é púrpura. Os aromas são intensos, baunilha, frutos maduros e um leve mentolado. Na boca é encorpado, com taninos finos, bem presentes. Acidez mediana e presença de fruta muito madura. O final é persistente, longo, com álcool dando potência (14,5% de teor), acompanhado de boa fruta. Boca seca em razão dos taninos. 

Apesar dos 8 anos o vinho ainda tem vida pela frente, talvez uns 3-4 anos, mas a madeira já está se sobrepondo à fruta, então parece que abrimos num bom momento. 

Interessante a evolução do vinho ao longo da degustação. Quando começamos a servir as taças deixamos uma repousar e só fomos bebê-la depois de uma hora. O vinho ainda estava inteiro, os aromas de especiarias apareceram com maior intensidade, bem como lembrança de ameixa e eucalipto. Experiência interessante.   

Saúde a todos!



Um comentário:

Anônimo disse...

Já fiz essa experiência de deixar o vinho descansando numa taça e só provar depois de um tempo.

Para alguns vinhos isso é legal, mas para outros é ruim.

Abraços.