16 outubro 2012

Belo corte uruguaio: Gimenez Mendez Identity 2008


Gosto bastante dos vinhos da Bodega Giménez Méndez, do Uruguai. São compras seguras, com boa relação entre qualidade e preço. Em junho comentei aqui um Tannat muito interessante, dessa mesma safra 2008 (relembre).

Esse Identity é um corte de três variedades: Tannat (46%), Syrah (41%) e Petit Verdot (13%), com passagem por carvalho americano (40%) e francês (60%), de primeiro e segundo uso. Segundo a vinícola o potencial de guarda é de 5 anos.

Na taça o vinho tem coloração púrpura, bem densa. Os aromas são de frutos maduros, ameixa, com presença de especiarias, além dos indicativos característicos da passagem por madeira, como chocolate e tabaco, mas sem se sobreporem à boa fruta. 

Bom corpo. Bom conjunto, com a potência esperada mas com grande elegância também. Taninos finos e ótima acidez. Boa complexidade dos aromas se repetindo em boca. Está num bom momento para consumo. Álcool a 13%, sem incomodar.

Foi comprado a R$ 60, na Chocolândia, em Uberlândia. Acompanhou bem o churrasco que fizemos. Pena que a carne não era um corte uruguaio!

Saúde a todos!


2 comentários:

Ewertom Cordeiro disse...

Gil,

O melhor Pinot Noir que degustei foi desta Vinícola... Muito bom!

Aqui em Recife é possível encontar cortes de carnes provindas do Uruguai a um bom custo e ótimo benefício... Suculentas.

Abraços, Ewertom.
[Vinhos de Minha Vida]

Gil Mesquita disse...

Ewerton, é bom saber disso. Ainda não provei o Pinot deles, mas certamente vou procurar a partir da sua indicação.

Quanto aos cortes uruguaios, não vou esquecer da dica quando for ao Recife.

Abraço.

Gil Mesquita
www.vinhoparatodos.com