17 outubro 2012

Direto da garagem: De Angeles Malbec 2008


Esse vinho foi um presente dos amigos Eurico e Vanessa, que estiveram em Buenos Aires recentemente e trouxeram o mimo. Foi bebido no fim de semana prolongado de 7 de setembro, na companhia deles e dos amigos Cristiano e Val (Vivendo Vinhos).

Segundo informações que o Eurico obteve do vendedor, na Argentina, o vinho ainda não está no mercado brasileiro, o que aumentou ainda mais nossa curiosidade. Não souberam (ou não quiseram) me dizer quanto custou por lá. 

A vinícola, De Angeles Malbec, é especializada nessa variedade emblemática argentina. Na propriedade as vinhas foram plantadas em 1924 e a produção foi toda vendida a outras vinícolas, até que em 2006 começou a construção de uma bodega própria, tarefa encerrada em 2007, quando lançou seus primeiros vinhos. 

É uma bodega muito pequena, com capacidade anual para 20.000 garrafas. As uvas para seus vinhos sempre são provenientes de uma mesma parcela do vinhedo. Atualmente produzem duas gamas de Malbec (Gran Malbec e Malbec, ambos com o conceito single vineyards) e um rosado doce elaborado com a mesma uva.

Um Malbec com verdadeiras viñas viejas, com mais de 80 anos de idade. De coloração rubi, tem aromas marcantes a frutos vermelhos, cedro, discreto floral. Em boca tem copor mediano, com menos fruta e potência que a maioria dos Malbec, privilegiando a elegância. Harmônico, tem taninos bem maduros e uma acidez um pouco mais acentuada do que esperávamos. Final persistente, pedindo mais um gole. Pronto para beber agora.

Apesar de ter o enólogo Michel Rolland como consultor, esse Malbec não passa por madeira, uma escolha normalmente feita pelo francês. Mas, passou 8 meses em garrafa para afinamento antes de irem ao mercado. Foram produzidas apenas 1.200 garrafas.

Ótima experiência! Belo presente dos amigos. 

Saúde a todos!






Nenhum comentário: