19 outubro 2012

Mais uma novela chega ao fim: em primeira mão a última cena da salvaguarda. Final feliz!



Foto: Gilmar Gomes Fotografia Digital 

Acabo de receber em primeira mão uma notícia importante para o mercado brasileiro do vinho e envolve o pedido de salvaguarda, tema tão polêmico e debatido nos meios de comunicação nos últimos meses.

Na próxima segunda-feira, dia 22 de outubro, às 11 horas, na sede da Associação Brasileira de Supermercados – ABRAS, estarão reunidas várias entidades do setor varejista para uma entrevista coletiva. Além da ABRAS, comparecerão também os representantes da Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Bebidas (ABBA), Associação Brasileira de Bebidas (ABRABE) e Instituto Brasileiro do Vinho (IBRAVIN).

Nessa coletiva será anunciado um ajuste feito por todos esses interessados, uma grande notícia para o consumidor. O acordo envolve a retirada (em caráter de suspensão) do pedido de salvaguarda pelas entidades solicitantes (IBRAVIN, FECOVINHO e SINDIVINHO) e de outro lado as entidades ligadas ao vinho importado contribuirão para que o produto brasileiro esteja cada vez mais presente nas gôndolas de supermercados e no portfólio das importadoras.

Em síntese, já que detalhes mais completos só serão revelados na reunião de segunda-feira, o vinho brasileiro terá maior espaço nos supermercados e as importadoras incluirão produtos nacionais em seus catálogos, fazendo a partir disso um importante trabalho para que o consumidor conheça nossos vinhos tão bem como conhecem os importados.

Nessa união de forças ganham todos, mas especialmente o consumidor brasileiro que terá mais opções de vinhos nacionais sem que os importados percam o lugar já conquistado no mercado.

Uma solução equilibrada, como o vinho da foto. Saída elegante para uma bebida que não combina com a rispidez das discussões que se desenvolveram nos últimos tempos. Particularmente, espero que esse assunto não volte a esse blog. 

A quem interessar, a coletiva será realizada na sede da ABRAS, situada à Av. Diógenes Ribeiro de Lima, nº 2.872, Alto da Lapa, em São Paulo. 

Saúde a todos!

Nenhum comentário: