21 novembro 2012

Com esse bastardo é possível conviver: Bastardo! Rosé 2010

 

Segundo o Dicionário Michaelis, a palavra bastardo, que tem origem no francês antigo bastard, pode significar muitas coisas: o filho que nasceu de pais não casados, um degenerado,  uma variedade de uva "preta temporã, de bagos duros, muito unidos e doces" etc.

Mas o que essa expressão pode significar no rótulo de um vinho? Poderia ser a uva com a qual é elaborado, mas no vinho que conheci há alguns dias significa vingança, daquelas bem planejadas, arquitetadas. Seu rótulo diz:

"Quero tomar um banho, expulsar-te do meu corpo, banir a tua existência. Abrir uma garrafa de vinho e beber um trago. - À tua, bastardo! Enquanto pairo sobre a tua insignificância..." 

Um vinho especialmente elaborado para a vingança das mulheres. Veja o conceito da marca:

"As mulheres que estão furiosas com os homens sentirão o prazer de saborear um líquido mágico que anulará a existência do ser que as enfurece. Experimente escrever uma dedicatória no rótulo em honra dessa pessoa e veja como isso vai ajudar a refrescar a temperatura... e carregue um vídeo no micro site para fazer perdurar o seu prazer. A comunidade on-line é a mais poderosa ferramenta para despertar o poder feminino à espera de ser libertado. À tua Batardo!"


Com essa estratégia de marketing de cara me pareceu um vinho descontraído, alegre, pra ser bebido em vingança, claro, mas também para a diversão de amigos e também dos casais. É um rosé das castas Castelão (45%), Aragonez (25%) e Trincadeira (30%), elaborado na Península de Setúbal pela Wine With Spirit, cujos rótulos são todos destinados a momentos do cotidiano humano. O enólogo é Pedro Sereno.

Na taça a coloração é de um vermelho vivo. Aromas de frutos vermelhos, fruta fresca, notas minerais. Em boca tem boa estrutura, é seco, sem notas adocicadas, o que deixa o vinho com característica interessante, diferente de rosés chilenos e argentinos, por exemplo. Tem boa acidez, é muito agradável como aperitivo, mas cresceu muito acompanhando uma massa leve que a Érika fez. Final mediano, palato com muita fruta e discreta lembrança de mel. Tem apenas 11% de teor alcoólico.

É importado pela Abflug, do dinâmico Marcelo Toledo, que participou da última edição do Winebar e nos enviou uma garrafa para degustação. Será vendido na faixa dos R$ 60.

Saúde a todos!


 

2 comentários:

Anônimo disse...

Já degustei este vinho e é realmente muito. Bastardo, Bastardo.
Douglas Moraes
dmo@cursosexito.com.br

Paulo Sousa disse...

Outros Rosés, na WIVINI, de muita qualidade e a preços incontornáveis.

Versus Rosé
Quinta da Calçada Rosé
Valle Pradinhos Rosé 2012
Vallado Rosé
douRosa Rosé
Monte da Ravasqueira Rosé

Cumprimentos.