09 janeiro 2013

A alegria de beber uma das últimas garrafas: LH Zanini Espumante Extra Brut 2008


Esse espumante foi comprado numa das vezes em que estivemos no Vale dos Vinhedos. Na verdade, era uma das últimas 5 garrafas à venda no varejo da Vallontano. Comprei uma e o amigo Paulo Rabelo comprou outra.  A produção foi limitada a 2.500 garrafas.

Salvo melhor juízo, é o único espumante elaborado pelo Luiz Henrique Zanini pelo método tradicional (champenoise). No vinho base da safra 2008 foram utilizadas as tradicionais Chardonnay e Pinot Noir, com dois anos de autólise. 

Espumantes com esse tempo de fermentação em garrafa podem ser mais estruturados e até pesados, mas não é o caso desse, demonstrando elegância, complexidade e ao mesmo tempo uma maciez agradável a todos os paladares, mesmo aos menos acostumados com espumantes extra brut. 

Perlage elegante, aromas cítricos, frutos brancos e notas de fermentação formando uma boa gama de aromas. Na boca é macio, com acidez marcante, repetição da boa complexidade de aromas, notas de casca de pão e brioche (vindas da fermentação) sem se sobreporem ao frutado. Espumante equilibrado e fácil de agradar, sem nenhum peso e chamando sempre para a próxima taça. Final persistente, mesclando fruta e fermentação.

Final também marcado por uma sensação mesclando alegria por ter bebido uma das últimas garrafas disponíveis e ao mesmo tempo triste, por igual motivo.


Detalhes da compra:

Não me lembro quanto pagamos nesse vinho no varejo da Vallontano, mas no site de seu distribuidor, a Mistral, é vendido atualmente por R$ 77,50.  Então, se ainda restam garrafas à venda no site, vale a compra.

Avaliação VPT = 89 pontos. 

Saúde a todos!



Um comentário:

vinho disse...

Este espumante parece muito interessante vou tentar encontra-lo.eu geralmente compro vinhos no http://www.vinhobr.com.br/ e eles tem coisas bem interessantes. Acompanho sempre o blog!