02 janeiro 2013

O primeiro vinho do ano é para a #CBE: Petit Bourgeois Sauvignon Blanc du Loire 2010


Esse é o 76º vinho comentado para a Confraria Brasileira de Enoblogs - CBE, cujo tema foi escolhido pelo confrade Luiz Cola, do blog Vinhos e Mais Vinhos, que determinou: "branco do Loire até R$ 150". 

O vinho que escolhemos foi degustado no dia 31/12 e é elaborado pela Henri Bourgeois, vinícola estabelecida na cidade de Chavignol, muito famosa por seu queijo de cabra. As atividades foram iniciadas em 1950 com apenas 2 hectares. Atualmente a empresa possui 65 hectares de vinhedos próprios, o que supre cerca da metade das necessidades da vinícola, que adquire o restante das uvas de produtores locais. A empresa é famosa tanto como produtora como negociante de vinhos em várias denominações, como Sancerre e Pouilly-Fumé. 

Embora seja um vinho elaborado no Vale do Loire, não recebe uma classificação, digamos, nobre. É um Vin de Pays ou Vinho Regional, cuja regulação se deu por uma legislação aprovada em 1979. Ela permite a elaboração de vinhos com regras menos rígidas do que as AOC, mas com qualidade e procedimentos mais rígidos do que os vinhos de mesa (vins de table). Esses vinhos regionais levam consigo uma designação geográfica e os vinhos devem ser apresentados para análises técnicas e degustações. 

Vamos ao vinho: na taça a coloração é amarelo palha. Aromas em boa intensidade, elegantes, típicos da variedade, aspargos, folha de tomate, frutos brancos e algum abaunilhado da madeira. 

Em boca tem boa citricidade, com repetição de aspargos, grama cortada e a madeira aparecendo elegante com um discreto tostado no retrolfato. Tem boa acidez, deixando o vinho refrescante, mas com a costumeira elegância dos brancos franceses. 

Final de média persistência, marcado pelo cítrico e pelo tostado da madeira, sem ser enjoativo como alguns Sauvignon Blanc do Novo Mundo.  Está num bom momento de consumo, embora a expectativa de guarda apontada pelo importador seja de 4 anos.

Detalhes da compra

É importado pela Grand Cru, mas foi comprado no site da Wine. O preço normal é R$ 67, mas na condição de sócio do ClubeW paguei R$ 56,95.

Obs.: o Luiz Cola escolheu dois temas para esse início de ano, como já havíamos feito em anos anteriores. Mas o "vinho especial da adega" será postado futuramente, já que ontem comecei a tomar antibiótico por sete dias. 

Saúde a todos!


Nenhum comentário: