25 março 2013

Correto e barato: Viña Amalia Dos Fincas Sauvignon Blanc 2011

O vinho não tem passagem por madeira e pertence à linha mais básica da vinícola.

Sinceramente, quando penso em Sauvignon Blanc os argentinos não estão entre minhas primeiras opções. Mas, esse foi um vinho que surpreendeu positivamente e com preço bastante acessível. Foi oferecido pelo amigo Marcel Gussoni numa noite em que hamonizamos os vinhos com o ceviche por ele preparado. 

Degustado sozinho, considerei esse Sauvignon Blanc argentino menos interessante que outro do Chile, já comentado aqui (relembre). Mas, na harmonização esse se saiu melhor, sendo inclusive mais barato. Leia o resultado dessa brincadeira acessando o site do Sabor Sonoro (clique aqui).  

É elaborado pela Viña Amalia, que tem feito sucesso com seus vinhos corretos e acessíveis. Pertence à linha mais básica da vinícola, chamada Dos Fincas em razão de suas uvas serem provenientes de duas propriedades distintas. No caso desse SB as uvas são provenientes das Fincas Los Montes Negros e Los Árboles.

Na taça tem coloração amarelo palha. Nos aromas de boa intensidade destaque para frutos como melão, muito maracujá e um fundo vegetal. Boa harmonia. Em boca é intenso, mas com acidez moderada. Predominância de notas adocicadas e citricidade discreta, com maracujá novamente marcando presença. Final de boa persistência.

Não tem passagem por madeira e o álcool tem 13,5% de teor. 


Detalhes da compra:

Foi gentilmente oferecido pelo Marcel, mas no mercado é encontrado na casa dos R$29.

Saúde a todos!


 

2 comentários:

Anônimo disse...

Prezado bom dia

Gostaria de tirar algumas a respeito de 8 vinhos que ganhei. Não conheço essas marcar por isso envio a pergunta.

1- Trata-se de um vinho de marca Santa Angélica - Merlot - Reservado - Chileno - safra 2009.
Este diz que se armazenado corretamente não vai vencer. Mas qual o potencial de guarda dele?

2- Vinho Santa Colina - Premium - Tannat - safra 2007. Reserva limitada - número de série 6577 - Santana do Livramento - RS.

3- Vinho Santa Helena - reservado - 2011 - Cabernet Sauvignon - Chileno.

4- Vinho Casa del toro - 2009 - Chileno - Carmenére Cabernet Sauvignon - Reservado.

5- Malbec Fuzion - 2011 - Argentina - Mendoza

6- Casillero del diablo - Reservado - Chile - 2011 - Cabernet Savignon

7- Toro Loco - 2012 - Espanha - Tempranillo

8- Porca de Murça - Douro - 2011 - Portugal
dessde já Obrigado


o que gostaria de saber desses 4 vinhos é na verdade a procedência, bem como o potencial de guarda, onde foram envelhecidos ( se em barris de carvalho ou aço inox).

ademais, possuo alguns outros vinhos de ano 2011 e 2012 com o potencial de guarda de 2 a 4 anos. mesmo passando do tempo do potencial de guarda ainda podemos consumí-lo? Poderia impor uma ordem de vinhos melhores e que pudessem ser guardados por mais tempo?


Bruno Teodoro Salata

Favor responder no e-mail:
b-bts@hotmail.com


Obrigado

Gil Mesquita disse...

Bruno,

nenhum dos vinhos que você listou são de guarda. Ou seja, beba logo.

O Casillero del Diablo talvez ainda possa ser guardado por mais 1-2 anos.

Os vinhos não "vencem", mas depois de um tempo eles vão perdendo suas características de cor, aromas, taninos etc. Quando abrir um Reservado desses com 8 anos de idade, por exemplo, talvez ele não esteja avinagrado, mas certamente não lhe dará a mesma satisfação.

abraço,

Gil Mesquita