29 abril 2013

Direto da Serra Catarinense: Quinta da Neve Chardonnay 2010


Sempre tive curiosidade de experimentar vinhos da Quinta da Neve, vinícola de São Joaquim (SC) cuja história começa em 1999, quando quatro sócios adquirem 87 hectares no distrito de Lomba Seca. No ano seguinte começam o plantio de mudas importadas da Itália e Portugal e já tê uma boa reputação no mercado nacional, especialmente por seu Pinot Noir, considerado por alguns como o melhor do Brasil e que - infelizmente - ainda não provei.

Atualmente a vinícola em 15 hectares produzindo Cabernet Sauvignon, Pinot Noir, Chardonnany, Merlot, Sangiovese e Sauvignon Blanc, além de uma área de experimentação com 16 variedades diferentes.

Esse Chardonnay tem passagem por barricas, embora eu não saiba precisar o tempo. Mas em outras safras a passagem foi de 6 meses. Tem cor amarelo palha, aromas em boa intensidade, frutos brancos maduros, algo amanteigado. Na boca tem grande acidez e notas cítricas bem evidentes. Tem boa mineralidade. 

Final persistente, baunilha e manteiga acompanhados de citricidade bem evidente e mineral no palato. Parece estar no auge e não deve ganhar muito com a guarda. Beba logo. Boa compra. 


Detalhes da compra:
 
A distribuição dos vinhos é feita pela Decanter, cujos proprietários (Família Hermann) são também acionistas da vinícola. Mas essa garrafa foi comprada aqui em Uberlândia, na loja Bon Vivant, por R$34.

Saúde a todos!




3 comentários:

Anônimo disse...

O Brasil precisa descobrir os vinhos de Santa Catarina... infelizmente ainda não conseguimos distribuir com a mesma eficiência dos gaúchos, mas não devemos nada a eles.

Le Vin au Blog disse...

Bela foto!

Sou a favor de uma viagem coletiva a São Joaquim, mas no verão!

Cristiano Orlandi disse...

Gil,

Concordo com nossos amigos do Le Vin Au Blog!!! :))

Diria que é urgente!

Forte Abraço!