10 junho 2013

Califórnia na taça: Parducci Pinot Noir 2009

O vinho tem passagem de 6 meses por barricas de carvalho.

Há algum tempo um vinho dos Estados Unidos não aparecia aqui no blog. Não por desinteresse, mas porque os melhores vinhos são caros. Os mais baratos, alguns deles encontrados em supermercados, são da uva Zinfandel e têm me decepcionado bastante. Mas, esse Pinot bem interessante e típico em sua cor, aromas, sabores e (infelizmente) preço!

O produtor é a Parducci, a primeira vinícola a se instalar na região, em 1932, quando a "lei seca" ainda vigorava nos EUA. Atualmente ela pertence a um grupo maior que reúne outras quatro marcas de vinhos, a Mendocino Wine Co, que toma emprestado seu nome da região em que são elaborados os vinhos sob sua gestão. 


Fonte: http://www.thefullwiki.org/

A região, Mendocino, é uma AVA (American Viticultural Area) nomenclatura equivalente ao que seria uma DOC em outras partes do mundo, território autorizado pela lei norte-americana a produzir vinhos, com regras um pouco menos rígidas que em alguns lugares da Europa. Essa região está situada no Condado de Mendocino, mais norte do estado da Califórnia, acima das vizinhas Sonoma e Napa.  

Na taça a cor é grená, bastante límpido e transparente. Tem cara de Pinot Noir.

Os aromas são intensos, os frutos delicados típicos da variedade estão presentes, como framboesas, cerejas e morango. Em boca tem taninos finos e grande acidez. Muita fruta, com madeira bem integrada dando boa complexidade. Um vinho com aquelas notas adocicadas comuns em Pinot do Novo Mundo, mas sem serem enjoativas.

O final é mediano. Boca seca em razão dos taninos. No palato muito fruta e bala de café. Um leve amargor apareceu. O álcool a 13,5% estava em equilíbrio.


Detalhes da compra

Esse vinho é importado pela Mistral, que o vende em seu site por R$85. Mas essa garrafa foi comprada na loja Vinum Domo, aqui de Uberlândia. No site do produtor esse vinho aparece já com novos rótulos e está disponível na loja virtual por US$14, algo em torno dos R$30 atualmente.  

Saúde a todos!


Nenhum comentário: