20 junho 2013

Quer comprar um bom saca-rolhas sem gastar muito?

Parafusadeira da Bosch que também funciona como saca-rolhas.

Esse post é motivado por uma pergunta que sempre me fazem: qual o melhor saca-rolhas? Como muita gente sabe que gosto e escrevo sobre vinhos, sejam amigos próximos ou pessoas que encontro em eventos, lojas ou supermercados, essa pergunta me é feita com muita frequência e minha resposta é sempre a mesma. 

Então, resolvi reproduzir aqui o que penso a respeito do assunto, deixando claro que é uma questão de gosto pessoal, mas acima de tudo amparado em experiências negativas e dinheiro jogado fora.

A primeira dica é: não precisa gastar mais do que R$30. Com esse valor é possível comprar um ótimo saca-rolhas, fácil de guardar, que pode ser levado com facilidade no bolso, não vai estragar com facilidade e permitirá a retirada tranquila da grande maioria das rolhas.  


A minha sugestão é sempre esse saca-rolhas de dois tempos, também conhecido como saca-rolha do Sommelier, porque é o usado pela maioria desses profissionais, é portátil e custa pouco. Sua durabilidade é muito boa. Tenho alguns em casa há vários anos e nunca deram problema. 

É chamado de "dois tempos" porque a existem duas alavancas para retirar a rolha em dois estágios. A primeira (essa maior e mais próxima ao restante do corpo) retira a rolha mais ou menos até a metade e a segunda (essa menor e na ponta do saca-rolha) se encarrega do restante. Assim, você usa menos força e a rolha não se parte, como acontece com outros instrumentos.  

Essa opção também é boa porque a espiral tem um formato que não destrói a rolha e é munido de uma pequena serra para corte e retirada da cápsula que envolve o bico da garrafa. Muita praticidade por até R$30


Mas sei que muita gente tem saca-rolhas diferentes em casa. Na foto acima selecionei alguns tipos e faço aqui minhas observações. Considere-os, da esquerda para a direita:

(1) Esse primeiro pode custar até $70 e já tive alguns. Mesmo os de boas marcas costumam soltar  peças e não são portáteis. Ocupam espaço na sua gaveta e não têm a lâmina para cortar a cápsula. Alguns, mas não o da foto, têm a espiral em outro formato, como se fosse uma rosca de parafuso. Esse modelo praticamente rasga a rolha, faz sujeira e às vezes quebra a rolha. 

(2) Essa opção tem alguns problemas. Primeiro é horroroso, um misto de canivete e abridor de cerveja. Pode parecer prático e é barato, mas só tem um estágio, não sendo tão fácil retirar algumas rolhas com ele. 

(3) Um verdadeiro trambolho. É eficiente na retirada das rolhas, mas custa caro (na casa dos $100), é difícil de manusear e ocupa muito espaço. Se você já comprou um desses sabe do que estou falando. Se não tem, não compre, porque pode te deixar tenso na hora de abrir o vinho e não cabe no seu bolso. 

(4) Esse saca-rolhas tem uma razão de existir: foi feito para a retirada de rolhas mais antigas, porque não trabalha com sua perfuração. As duas lâminas entram na lateral da rolha, permitindo sua retirada intacta. Mas só deve ser adquirido se você tem vinhos desses em casa. Se não tem, evite comprá-lo, até porque não é muito fácil de ser utilizado.

Existem inúmeros outros modelos, mas acredito que essas informações já são suficientes para ajudá-lo numa boa compra. Mas se você quer gastar dinheiro e ter em mãos um trambolhão, pode comprar a parafusadeira da foto lá em cima. Funciona e talvez até impressione alguns, mas acho uma perda de dinheiro. 

Saúde a todos!

7 comentários:

Espirito Vinho disse...

Prezado Gil,

Parabéns por mais este interessante post. Acompanho seu blog desde 2009 e já aprendi muito com seus escritos.

Recentemente também resolvi criar um blog: http://espiritovinho.blogspot.com.br/, ainda bastante incipiente, mas que pretendo desenvolver com o tempo. Quando puder, não deixe de me fazer uma visita virtual e deixar um comentário.

Saudações Enológicas!
Márcio Kill
http://espiritovinho.blogspot.com.br/

Garrafeira Tio Pepe disse...

Boa tarde,

Gostaria de saber se seria possível colocar uma referência da nossa garrafeira no vosso blog.
www.garrafeiratiopepe.pt
No caso de aceitarem colocaremos por sua vez um link do vosso blog no nosso site.

Aguardo a resposta.
Cumps,

Ana Ferreira

Le Vin au Blog disse...

Gostei muito deste post. Antes de descobrir o saca-rolhas de dois tempos, eu nunca havia me aventurado a abrir um vinho. Agora, sou craque! :)
Bjs,
Rafaela

Gil Mesquita disse...

Rafaela,

acho que todos nós podemos dividir nossa história com os vinhos em antes e depois do saca-rolhas dois tempos.

bjo.

Espirito Vinho disse...

Bom dia, Gil,

Depois de ler seu post, me deparei com uma propaganda de um "Saca-rolhas de Pressão". Vc conhece?
Apesar de parecer prático, li critícas desfavoráveis a ele.
Bom, fica a dica pra quem tiver a curiosidade...

Espirito Vinho disse...

Bom dia, Gil,

Depois de ler seu post, me deparei com uma propaganda de um "Saca-rolhas de Pressão". Vc conhece?
Apesar de parecer prático, li critícas desfavoráveis a ele.
Bom, fica a dica pra quem tiver a curiosidade...

Gil Mesquita disse...

Além dos saca-rolhas que mencionei no post existem outras dezenas de opções.

Esse de pressão, salvo engano, foi inventado por argentinos.

Parece prático, mas não invisto mais do que os $30 que mencionei no texto.

Saúde!