01 outubro 2013

A amizade pede um champagne para brindar: Jacquart Champagne Brut Mosaïque #CBE


O amigo Daniel Perches, do blog Vinhos de Corte, foi quem indicou o tema do mês para nossa Confraria Brasileira de Enoblogs: "Essa é para dar uma força para você abrir aquele Champagne que está guardado para uma ocasião especial. Meu tema para setembro da CBE é "Champagne". Vale qualquer um. E se quiser mandar sugestão de harmonização, é bem-vinda também..."

Foi uma ótima oportunidade para abrirmos a garrafa que estava há alguns meses na adega e brindar a visita dos amigos Janete e Zé Eduardo, que estavam de passagem por Uberlândia. Depois que se casaram e foram morar nos Estados Unidos foi a primeira vez que nos vimos. Eles gostam de espumantes, então a ocasião pedia um brinde, até porque a presença de amigos especiais harmoniza muito bem com champagne. 

Esse é elaborado pela Maison Jacquart, fundada em 1964. Esse brut tem por base a Chardonnay, que domina com percentuais variando entre 35-40% e colaborando com o frescor. A Pinot Noir entra com proporção próxima, também entre 35-40%, sendo responsável pela estrutura. O corte é completado pela Pinot Meunier (25-30%), que colabora com o frutado.

Para garantir que a qualidade e o estilo sejam mantidos ano a ano, 20% do vinho base é "reserva", ou seja, vinho de excepcional qualidade de uma determinada safra que é utilizado pela vinícola para contribuir com o corte sempre que necessário. Todo o processo de elaboração desse champagne supera os três anos.


Na taça a coloração é amarelo palha, com bolhas finas e persistentes. Aromas em grande intensidade, destaque para frutos brancos (pêra) e algo floral muito discreto. Os aromas da fermentação estão presentes, lembrando casca de pão, além de maçã cozida e um pouco de mel e damasco. Na boca tem grande frescor, acidez lá no alto, mas os aromas/sabores mais maduros dão uma sensação de bom corpo e ao espumante. Boa cremosidade. Final de longa persistência, repetindo tudo.


Detalhes da compra:

Comprei essa garrafa no site da Wine. O preço normal é R$ 130, mas para sócios do clube deles é vendida a R$110,50. Uma boa compra, até porque há champagnes mais caros que esse e de qualidade inferior por aí, especialmente de marcas mais famosas. 

Foi o 86º vinho que comentei para a nossa Confraria, primeira e única virtual no Brasil. 

Saúde a todos!



Um comentário:

Bruna disse...

Prezada redação de Vinho para Todos,

Me chamo Bruna e gostaria de te apresentar um projeto meu e de outros dois amigos, o www.pecadevinho.com.

O Pecado de Vinho é o primeiro site italiano feito para ajudar brasileiros a harmonizar vinhos italianos com pratos brasileiros e também para contar mais sobre o mundo dos vinhos italianos.

Dei uma olhada no seu site e acho que o Pecado de Vinho possa ser ótima fonte de informação aos seus usuários que se interessam por vinhos italianos. Por este motivo gostaria te de pedir que colocasse um link nosso no seu site:

TEXTO DO LINK:
Vinhos Italianos

Se vc tiver interessado podemos fazer uma troca e coloco o seu link no nosso site também.

Obrigada pela sua atenção, e caso necessite mais informações, não hesite em entrar em contato.

Atenciosamente,

Bruna Uchoa
www.pecadodevinho.com