31 janeiro 2014

É barato e te deixará feliz: Argento Selección Chardonnay 2012


Se você é daqueles que compra vinho branco barato (menos de R$30) somente quando pensa em utilizá-lo no risoto, preciso lhe dizer que está perdendo a chance de encontrar coisa boa por aí. Mais que os tintos, os vinhos brancos costumam ser corretos e satisfatórios nessa faixa de preços. 

Ok, você quer usar no risoto. Tudo bem, utilize a quantidade necessária, mas beba o restante. Não guarde na geladeira para usar na próxima vez que cozinhar. 

Esse 100% Chardonnay é um típico vinho correto, barato e que poderá deixar a todos felizes com sua qualidade e também com seu preço. Elaborado pela Bodega Argento, de Mendoza, tem 25% do líquido passando 6 meses por barricas de carvalho francês. Isso lhe dá aromas e sabores da madeira, mas sem deixar o vinho pesado. 

Na taça a coloração é amarelo palha. Na foto parece dourado, mas são os efeitos que precisei usar para melhorar a foto tirada com pouca luz pelo iPhone.

Aromas em boa intensidade, típicos da Chardonnay: frutos brancos, pêssego, abacaxi em calda, notas da madeira, baunilha. Em boca é amanteigado, com notas frutadas e nuances minerais. Final de boa persistência. 

A única ressalva que faria a esse vinho é um álcool um pouco em destaque, tanto no nariz quanto na boca, mas não atrapalha o conjunto e principalmente não afeta a relação custo x benefício. Uma boa experiência capaz de mostrar as características dessa uva, a um preço baixo. 


Detalhes da compra:

Esse vinho é importado pela Domno e pode ser encontrado em lojas virtuais e físicas variando entre $28 e $34. 

Saúde a todos!


7 comentários:

Ale disse...

Gil,
acho bem bacana fazer essas experiências, comprando vinhos baratos e no final tendo a surpresa (boa ou ruim).
Ontem mesmo passei no supermercado e vi uns vinhos em tetra-pack. Pensei em comprá-los, em nome da ciência, mas no final desisti.
Depois de ler seu post, vou comprar e qualquer coisa depois utilizo no risota!
Grande abraço,
Alessandra

www.damadovinho.com.br

Administrador disse...

Alê,

vinhos em bag-in-box podem ser uma boa pedida para grande quantidade de pessoas. Certa vez vi no blog do Didú Russo uma avaliação de vários BIB brasileiros.

particularmente, gosto muito do CS da Larentis, o melhor vinho em caixinha que já provei.

quando estivemos no Chile havia muita oferta do Gato Negro em tetra pack, tipo de embalagem que ainda não vi em vinhos brasileiros. Mas, nos supermercados já existe uma oferta de vinhos portugueses nesse tipo de embalagem.

valeu pelo comentário.

vou ficar atento para saber no seu blog como foi sua experiência.

abraço!

Anônimo disse...

Sempre devemos estar atentos para novas experiências mas sinceramente vinho na caixinha deixo passar sem pena. Quanto ao uso de um vinho ruim na comida é lamentável, uso na comida o mesmo vinho que eu bebo, não importa quanto custe o vinho. De que adianta beber um vinho ótimo acompanhado de uma comida na qual usei um vinho meia boca e produzi uma comida sofrível. Abs.

Anônimo disse...

acho desperdício comprar um vinho caro para cozinhar.

será que a comida fica tão melhor asssim que justifique o gasto?

prefiro os meus vinhos de 15-20 pilas para esse fim.

Anônimo disse...

Não gostei tanto desse chardonnay, mas o malbec deles é um "bom e barato".

Cheers!

comprar curtida no instagram disse...

Show de bolota!!

comprar curtida no instagram disse...

muito bom!!