20 janeiro 2014

Provamos o Dunamis Movimento Espumante Champenoise Brut 2012


Em agosto de 2013 comentei aqui um espumante da Vinícola Dunamis, de Dom Pedrito (relembre), elaborado com 100% Chardonnay, mas pelo método Charmat, com a segunda fermentação em tanques de inox. 

O espumante de hoje é Champenoise ou método tradicional, como o utilizado na região francesa de Champagne, com a segunda fermentação acontecendo na própria garrafa. Esse método costuma ser utilizado para espumantes mais complexos e pode variar de 12 meses a 60 meses em alguns produtos brasileiros. 

Para esse a Dunamis também utilizou exclusivamente a Chardonnay no vinho base e o contato com as leveduras para a segunda fermentação durou 18 meses, originando um espumante com 12% de álcool.  As uvas vieram da Serra Gaúcha, mais precisamente de Cotiporã.

Na taça a cor é amarelo palha. Aromas em boa intensidade, com destaques cítricos, como maçã verde a algo floral. Em boca tem boa cremosidade, revelando-se um espumante fresco e fácil de beber, com delicadas notas adocicadas. Final de boa persistência, equilibrado, fresco, ideal para bebericar ou para acompanhar pratos mais leves. 

Tem vocação gastronômica e como os demais vinhos da vinícola é bem feito, alegre e jovial, apesar do tempo em autólise de leveduras.


Detalhes da compra:

É vendido na loja virtual da vinícola por R$49, mas essa garrafa me foi enviada pela assessoria de imprensa da vinícola para avaliação. 

Saúde a todos!




Nenhum comentário: