20 fevereiro 2014

Se ainda encontrar essa safra, feche os olhos e compre: Casas del Bosque Gran Reserva Syrah 2007

O Vale de Casablanca tem se destacado com seus brancos e tintos com influência do Pacífico.


Já visitamos dezenas de vinícolas, mas uma que sempre nos vêm à lembrança é a Casas del Bosque, bodega chilena fundada em 1993, localizada nos arredores da cidade de Casablanca, numa região que leva esse mesmo nome, distante 70km da capital Santiago e a 30km do famoso porto de Valparaíso.

Quando estivemos por lá em 2011 (relembre) provamos vários de seus vinhos e tivemos uma experiência muito interessante no restaurante deles. De lá pra cá, sempre compramos seus vinhos com a certeza de que agradarão, porque a qualidade é bem alta sempre (ou pelo menos nunca tivemos decepções).

Esse Syrah está num ótimo momento para consumo. Com os 12 meses de passagem por barricas francesas e com a evolução em garrafa já ganhou complexidade e qualquer aresta já foi aparada, ou seja, um vinho mais elegante e redondo, capaz de impactar mais por sua maturidade do que por sua potência.

Na taça a coloração é rubi, mas sem notas de evolução. Os aromas são intensos, lembrando pimenta, frutos vermelhos, café e chocolate. Tem boa estrutura, com acidez mediana e taninos ainda presentes, mas elegantes. É equilibrado e não pareceu ter 14% de teor alcoólico. Final longo, repetindo no palato a sensação frutada e aquelas que a madeira confere.

Creio que ainda pode ser guardado por 1-2 anos, embora esteja ótimo agora. Se encontrar essa safra em boas condições de armazenamento, aconselho a compra.  
  
 
Detalhes da compra:

É importado pela Obra Prima, de Curitiba, mas compramos esse vinho há muito tempo na Superadega, em Brasília. Atualmente é vendido na loja virtual deles a R$67, mas pode ser encontrado em outras com preços até R$89. 

Por considerá-lo um vinho para guardar por 7-8 anos com tranquilidade, vale muito o investimento. 

Saúde a todos!



Nenhum comentário: