23 abril 2014

Conversa Branco Douro DOC 2012

O divertido rótulo do Conversa já foi desenhado pensando na Copa do Mundo.

Degustei esse vinho na última quinta-feira, como parte de um evento com vinhos da Niepoort, vinícola do Douro, tradicional por seus vinhos do Porto e também pelos vinhos "tranquilos" elaborados com as uvas da região. 

O primeiro (e meu preferido) foi esse branco, da linha chamada Fabulosos, elaborado com diversas uvas locais, dentre elas Rabigato, Codega do Larinho, Gouveio, Dona Branca, Viosinho e Bical. Apenas 25% do vinho passam por barricas de carvalho francês, sendo que o restante permanece em aço inox por 9 meses. As vinhas não são novas, pois tem entre 20 e 50 anos de idade.

Na taça o vinho tem cor amarelo palha. Seus aromas são intensos, com destaque para as notas da madeira e para frutos brancos maduros, como abacaxi em calda. Notas minerais também aparecem, provenientes do solo da região. Boa complexidade. 

Em boca tem corpo médio. É untuoso, maduro, com notas minerais e florais aparecendo também para acompanhar a boa fruta tropical. Um pouco de mel também. Boa acidez, deixando o vinho bom como aperitivo, servido a uma temperatura mais baixa, mas o achei melhor ainda para acompanhar comida, especialmente peixes e frutos do mar. 

Final longo, intenso, repetindo tudo. Tem 13,5% de álcool.

  
Detalhes da compra

Provei esse vinho numa degustação promovida pela representante da Mistral para a região de Uberlândia. Segundo informado por ela o vinho é vendido a R$73.

Saúde a todos!



Nenhum comentário: