09 junho 2014

Nem só de tintos vive a bodega do "touro maluco": Toro Loco Cava Brut


Há alguns anos o tinto Toro Loco, elaborado na região espanhola de Utiel Requena, ficou famoso e no Brasil se transformou num caso de sucesso, tanto de vendas quanto de estratégia de marketing. Aqui no blog a safra 2011 rendeu um post (relembre) e um vídeo também (relembre).

Recentemente, depois de escrever a respeito dos famosos espumantes espanhóis, os Cavas, comprei alguns rótulos para experimentar. Um deles foi esse elaborado para a BVC Bodegas, a mesma do famoso tinto. Isso mesmo, "para" a bodega, porque são terceiros que elaboram e engarrafam o espumante. 

Apesar desse detalhe comercial, é um bom espumante. Sinceramente, me pareceu ter características de aromas e sabores bem diferentes das que experimentei em outros cavas. Esse tem mais acidez, menos fruta e é mais seco. Questão de estilo. 

Na taça tem coloração palha. É "barulhento", com perlage abundante, não muito delicado, mas forma colar de bolhinhas nas bordas da taça. Tem bons aromas, frutos brancos, abacaxi, algo floral e discreta lembrança de groselha. Notas da fermentação quase imperceptíveis. 

Na boca tem bom volume, é cremoso e tem ótima acidez. Bem harmônico. Final de média persistência. Bem feito e com bom preço. Vale a compra para ter um espumante refrescante e capaz de acompanhar comida.   


Detalhes da compra:

Comprei esse vinho no site da Wine. O preço normal é R$32, mas os sócios do clube tem desconto.  É uma boa compra para quem quer experimentar um Cava

Saúde a todos!


Nenhum comentário: