29 agosto 2014

Leve, fresco e divertido (além de um bom preço): Morgado de Silgueiros Dão Branco 2013


No calor aqui do cerrado esse vinho foi uma grande pedida. Leve, sem passagem por madeira, trouxe o frescor que os quase 30ºC de temperatura pediam. E era noite!

É elaborado na região demarcada do Dão, instituída em 1908, e situada no centro de Portugal. O produtor, a Adega Cooperativa de Silgueiros, que tem seus vinhos focados em oito variedades: as tintas Touriga Nacional, Tinta Roriz, Jaen, Alfrocheiro e Tinta Pinheira; e as brancas Encruzado, Malvazia Fina e Borrado das Moscas (Bical). 

Esse vinho é um corte de iguais parcelas de Encruzado e Malvazia Fina, sem passagem por madeira. Tem 13,5% de álcool. 

Na taça tem coloração amarelo palha. Os aromas são discretos, lembrando flores, frutos brancos e presença de algumas notas minerais. Em boca o vinho ganha intensidade, com notas florais bem evidentes, traços minerais, frutos brancos delicados e grande acidez. Final de média persistência, muito fresco, dando vontade de mais um gole. Ideal para bebericar descontraidamente, mas poderá ser um belo par para saladas, carnes brancas, peixes e queijos brancos.

O fato de ser um vinho sem passagem por madeira o deixa mais delicado e elegante, que a maioria dos brancos que bebemos no dia-a-dia. As variedades utilizadas têm suas características bem nítidas nesse vinho bem franco. Os 13,5% de álcool não aparecem.   


Detalhes da compra:

Esse vinho é importado pela La Pastina, que sugere o preço de R$36 para venda ao consumidor. Uma boa compra, sem dúvida. A garrafa que abrimos em casa foi gentilmente enviada pela assessoria de imprensa da importadora.

Saúde a todos!



Nenhum comentário: