07 dezembro 2014

Amanhã tem estreia aqui no blog!

Produção de vinho em Bordeaux no século XIX. Imagem: www.vins-bordeaux-negoce.com/

Caros amigos, há muito tempo estava à procura de alguém para colaborar com o blog produzindo mais textos sobre vinhos. É que se eu mesmo me canso vez ou outra dos meus textos, fico imaginando quem o lê há vários anos. Outra pessoa daria um novo brilho a esse blog. 

E foi por uma dessas boas coincidências da vida que conheci a Alessandra Pontes Justo. Na verdade, quem a conheceu primeiro foi a Érika, minha esposa, que foi procurada pela Alessandra para falarem sobre o mercado de vinhos em Uberlândia e futuros projetos.  

Numa dessas oportunidades bati um longo papo com ela e constatei que suas ideias e impressões sobre o vinho são muitíssimo interessantes. 

A cada relato seu a respeito dos pequenos viticultores franceses, dos vinhos produzidos de forma muito artesanal, dos vinhedos de uma fileira só, das pessoas simples envolvidas nisso tudo, mais crescia minha vontade de convidá-la para o blog. Então, ao final do bate papo, deixei meu acanhamento de lado e fiz o convite. Para minha alegria foi prontamente aceito. 

A ideia é que ela possa transmitir tudo isso que conversamos através de seus textos, pelo menos uma vez por mês. Inclusive o nome da coluna, Lanternas francesas, partiu de sua ideia de mostrar aos leitores do blog os viticultores que são hoje “uma grande alternativa para a imagem dos vinhos franceses”. 

Alessandra possui formação profissional e acadêmica como sommelière e também na área de enologia, em respeitadas instituições da França. No Brasil, graduou-se em Turismo pelo CEFET, em Belém do Pará. Além disso, está vivendo e trabalhando numa das regiões mais importantes do mundo do vinho, Bordeaux! 

Portanto, é possível dizer que a partir de amanhã o blog contará com uma correspondente internacional, que vem ao Brasil algumas vezes por ano para realizar eventos com parceiros de todo país, sempre divulgando os vinhos franceses e seus pequenos produtores. 

Seja bem vinda, Alessandra. Espero que goste de escrever para nós como certamente gostaremos de ler seus textos. 

Saúde a todos!

Nenhum comentário: