12 dezembro 2014

Cerveja do Mês :: Benedith Rota do Cerrado IPA



- Família: Ale

- Estilo: India Pale Ale

- Cervejaria: Benedith - Uberlândia (MG) - Brasil

- Teor alcoólico: 7,5%

- Preço: R$21. 

Escolhi a Rota do Cerrado para ser a primeira Cerveja do Mês aqui no blog por dois motivos muito simples: primeiro, é uma IPA que bebo com bastante frequência, já que moro a 500 metros da cervejaria; segundo, porque minhas impressões positivas sobre ela sempre são as mesmas de outros amigos que entendem muito de cerveja. Uma IPA de respeito, afinal de contas.

O único problema é que anda tão cobiçada que está ficando difícil encontrá-la por aqui. A procura é grande e a produção é bastante limitada, já que o cervejeiro e sua esposa ainda são os únicos que trabalham na empresa, dedicada à elaboração de 2.000 litros/mês.

Na taça a cor é cobre, com boa formação de espuma. Aromas muito intensos, com destaque para maracujá e caramelo. Na boca tem ótima cremosidade, aparecem as notas adocicadas provenientes do malte e do açúcar mascavo, com o amargor do lúpulo bem presente, mas sem ser inconveniente. Pessoalmente eu gosto bastante das cervejas lupuladas, mas no limite em que o ingrediente não deixe a bebida muito agressiva, interferindo no conjunto.

Aliás, essa cerveja mostrou grande harmonia para quem gosta do estilo. Final de boa persistência e refrescante, com amargor do lúpulo marcando presença, notas de maracujá se repetindo também. Cerveja pra ser bebida vagarosamente, apreciando cada detalhe e, de preferência, com um bom prato para acompanhar, talvez umas empanadas, um belo hambúrguer ou um arroz carreteiro.

Arrisco a dizer que em razão do teor alcoólico e por não ser extremamente lupulada, deixando o malte aparecer também, enquadra-se num sub-estilo de IPA, chamado English IPA, que conforme a literatura é o que mais se aproxima do original, criado no século XVIII quando os fabricantes ingleses acrescentavam grandes quantidades de lúpulo para que a cerveja chegasse à Índia em boas condições, suportando a longa viagem. Daí, o nome India Pale Ale.

Curiosidade: na garrafa existe um pequeno adesivo indicando que foi feito dry hopping do lúpulo Simcoe. De forma muito simplificada, essa técnica consiste no acréscimo de lúpulo ao final da fermentação ou da maturação para que a cerveja adquira mais aromas ligados a esse ingrediente, mas sem aumentar o amargor. O lúpulo em questão tem origem nos EUA e confere aromas cítricos e madeira (pinho).



Saúde a todos!

Um comentário:

Anônimo disse...

Gostei de ver uma cerveja especial aqui no blog que sempre sigo para comprar vinhos. Grande iniciativa!

Marcos