17 janeiro 2015

Rosé tem a cara do verão e vai bem na taça de plástico: Table Mountain Pinotage Rosé 2014


No início desse ano passamos alguns dias no litoral catarinense, nosso refúgio predileto há muitos verões. Como estava muito calor fizemos um compromisso logo na primeira parada: comprar vinhos no supermercado, brancos e rosés, para serem bebidos em nossas recém adquiridas taças de plástico. Não que isso seja depreciativo, mas queríamos vinhos descontraídos e uma taça igualmente alegre ajudaria na busca de boas dicas.  

Hoje publico o segundo vinho dessa série. 

Na busca de um rosé barato e diferente encontramos esse sul-africano elaborado com a uva símbolo daquele país, a pinotage, que é fruto de um cruzamento realizado em 1925 entre as variedades pinot noir e hermitage. Infelizmente não sei quem é o produtor, porque não anotei na ocasião e também não encontrei informações seguras na internet.

É um rosé bem leve, com apenas 11,5% de álcool. Menos aromático que o chileno que comentei na última quinta-feira, mas é menos adocicado. Interessante como são diferentes dentro de sua simplicidade. Esse sul-africano tem aromas de morango e cereja, acidez mais presente e menos açúcar residual, deixando o vinho mais seco e muito agradável para uma proposta verão-praia-descontração.

Final de boa persistência. Vinho com capacidade gastronômica para os petiscos do litoral, como espetinhos de camarão ou peixes fritos. Acompanhou bem nossa salada refrescante e foi bem com a taça de plástico. Bem feito, descontraído, prazeroso e barato.    


Detalhes da compra

Comprei esse vinho no supermercado Angeloni, em Florianópolis, pagando R$19,90. Ao que parece a rede de supermercados é importadora/distribuidora do vinho no Brasil. 

Saúde a todos!



Nenhum comentário: