15 janeiro 2015

Taça de plástico combina com verão: Nehuén Reserva Carmenère Rosé 2013


No início desse ano passamos alguns dias no litoral catarinense, nosso refúgio predileto há muitos verões. Como estava muito calor fizemos um compromisso logo na primeira compra: procurar vinhos no supermercado, brancos e rosés, para serem bebidos em nossas recém adquiridas taças de plástico. Não que isso seja depreciativo, mas queríamos vinhos descontraídos e uma taça igualmente alegre ajudaria na busca de boas dicas.

Hoje publico nossa primeira experiência.   

Esse rosé é elaborado com a uva símbolo do Chile, a carmenère, elevada a essa categoria por ter sido redescoberta no país sul-americano após desaparecer na Europa em razão da filoxera, praga que dizimou vinhedos na segunda metade do século XIX. Desde então os consumidores brasileiros aprenderam a relacionar essa uva ao nosso país vizinho, embora os grandes vinhos chilenos não sejam elaborados com ela sozinha.

O produtor é a Cremaschi Barriga, que utiliza uvas do Vale do Maule, considerada a mais extensa região vinícola do Chile e que também possui a maior extensão de vinhedos da uva carmenère. Infelizmente o vinho sequer aparece no site da empresa e em casos assim são possíveis duas conclusões: (1) pode ter sido elaborado apenas para o mercado externo ou (2) não tem a qualidade para concorrer no mercado interno chileno e é enviado para o país que mais absorve vinhos de pouca qualidade no mundo (adivinha qual?).

O vinho não é espetacular, mas também não é ruim a ponto de ser ignorado. É um rosé simples, muito bem feito, refrescante, com muita fruta e preço acessível. Os aromas são intensos lembrando frutos vermelhos mais delicados, frutos silvestres. Servido a uma temperatura na casa dos 7ºC é refrescante, embora de acidez moderada.

Tem notas adocicadas e até acho que está mais próximo de um meio-seco, o que irá agradar a muitos paladares, mesmo aqueles menos acostumados aos vinhos finos. Final de boa persistência. Vinho descontraído, bem feito e barato. Além de tudo, ficou muito bonito na taça de plástico... ótima combinação com praia.


Detalhes da compra

Comprei esse vinho no supermercado Angeloni, em Florianópolis, pagando R$29. Ao que parece a rede de supermercados é importadora/distribuidora do vinho no Brasil. 

Saúde a todos!



2 comentários:

Le Vin au Blog disse...

Eu acho que iria gostar deste rosé levemente adocicado. :)

Administrador disse...

Eu tenho certeza disso, Rafaela.

Estava bem bom, como dizem lá na sua terra!

Bjo.