28 novembro 2015

Um malbec fácil de beber e sem excessos: Saint Felician Malbec 2013


Foi só cair uma chuva e a temperatura ficar mais amena para dar aquela vontade de abrir um tinto em casa, em plena terça-feira. Aproveitamos para conhecer esse vinho que foi trazido da Argentina pelo amigo Eli Schettini, em uma de suas viagens para pescar (segundo ele)!

É um malbec para se gostar de imediato, seja você um consumidor novato ou experiente, porque é muito fácil de agradar. Elaborado pela famosa Bodega Catena Zapata, pertence a uma linha que não está disponível no Brasil, parecendo ser superior aos básicos Alamos e inferior aos DV Catena, por exemplo.

Segundo o site da vinícola, a linha Saint Felicien surgiu há 40 anos para o lançamento do primeiro varietal de Cabernet Sauvignon da Argentina. É uma marca destinada ao mercado de exportação e está presente na Inglaterra, Estados Unidos, Canadá, Alemanha e Holanda, por exemplo.   

Não encontrei informações sobre a safra 2013, mas as safras anteriores tem uma passagem longa por barricas de carvalho, na casa dos 16 meses, tanto por barricas francesas (90%) quanto por americanas (10%). Tem 13,6% de álcool. 

Na taça tem coloração púrpura, jovem, com lágrimas finas e rápidas. Os aromas aparecem em boa intensidade, muita fruta fresca, ameixa e uma leve lembrança da madeira, com tostado bem discreto. As características da Malbec estavam ali.

Na boca a primeira sensação é de um agradável adocicado, o que deixa o vinho muito amigável mesmo ao paladar iniciante. Tem corpo médio, taninos macios e doces, com acidez mediana. Muita fruta madura e notas minerais. Apesar das notas adocicadas não é nenhum pouco enjoativo, especialmente por conta da acidez.

Final de boa persistência, com palato marcado pela mineralidade e lembrança da madeira (tostado, bala de café). Não é um vinho de grande complexidade, mas ganha muitos pontos por ser muito equilibrado, fácil de agradar, sem qualquer excesso de fruta, madeira, taninos ou álcool.

Está alguns degraus acima do Malbec da linha Álamos, que é campeão de vendas da bodega aqui no Brasil.


Detalhes da compra:

Como foi dito acima o vinho não está disponível no mercado brasileiro através do importador da Catena Zapata, mas pode ser encontrado em vários sites a partir de R$80.

Saúde a todos!



Nenhum comentário: