19 junho 2016

Um clássico nunca sai de moda :: Taylor's Select Reserve Port


É incrível como perdemos oportunidade de bebermos vinhos de sobremesa, principalmente os tradicionalíssimos vinhos do Porto. Parece que ainda não damos tanta importância à harmonização entre a sobremesa e o vinho, o que para os portugueses deve parecer um sinal de ignorância nossa e de certa forma incompreensível, já que o brasileiro tem um paladar tão adocicado pelo costume com frutas e doces.

Mas, esse débito que o blog tem com os vinhos de sobremesa hoje diminui um pouco e diria que de forma muito elegante! Isso porque no último dia 23 de maio o pessoal do Winebar realizou mais uma degustação virtual e recebi uma garrafa para participar e comentar aqui as minhas impressões. 

Dessa vez o evento aconteceu com os vinhos da Taylor's, casa mais que tradicional em Portugal, fundada em 1692, e sinônimo de qualidade quando se trata de Vinho do Porto. Quem participou como entrevistado foi o Fernando Seixas, diretor da vinícola, que bateu um papo descontraído com o Daniel Perches.  

* Para assistir ao programa pelo Youtube: https://goo.gl/ckdOyc

O vinho que me foi enviado para a degustação foi o Select Reserva, elaborado a partir de um lote de vinhos jovens produzidos nas áreas do Baixo Corgo e do Cima Corgo, na região demarcada do Douro. Segundo a vinícola, para a composição desse lote foram escolhidos vinhos "pela sua profundidade de cor, frutado intenso e paladar cheio e firme", estagiando cerca de três anos em tonéis de carvalho, mantendo seu frescor, frutado e cor. Tem 20% de teor alcoólico.

Não é um vinho para ser guardado por longo tempo, já que está pronto para o consumo logo após o seu engarrafamento. Ideal para acompanhar queijos mais estruturados e ricos, frutas secas e sobremesas feitas à base de chocolate.


Aqui em casa harmonizamos com uma torta da Doces Bárbaros, um lugar bem bacana para comprar doces aqui em Uberlândia. 

Na taça o vinho tem coloração vermelho rubi, com bordas alaranjadas (granada). Os aromas são elegantes e clássicos, lembrando frutos silvestres e uma pontinha de álcool aparecendo. Talvez seja a temperatura, porque não sirvo esses vinhos gelados, como vejo por aí em muitos restaurantes. O ideal é na casa dos 15º C. Em boca é untuoso e não tem um adocicado exagerado, pois a fruta abundante e a boa complexidade estão em harmonia com o dulçor. Final persistente, repetindo o frutado intenso.

Vinho para ser bebido já, porque tem um perfil mais frutado, menos complexos que outros estilos de vinhos do Porto. Não guarde!  


Detalhes da compra:

O vinho é importado pela Qualimpor e pode ser encontrado em lojas virtuais com preços variando entre R$89 e R$96. 

Saúde a todos!



Um comentário:

Fernando Carvalho disse...

Prezado responsável pelo Vinhos para Todos. Parabéns pelo blog e muito bom e tem muito conteúdo.
Tenho um blog sobre vinhos: Barris de Carvalho (blogspot).
E gostaria que você recomendasse meu blog em troca recomendo o seu.
Um abraço.
Fernando Carvalho