13 novembro 2016

Vale provar esse chileno :: Lauca Pinot Noir 2015


Há algum tempo provamos um Cabernet Sauvignon desse mesmo produtor e gostei do resultado. Tanto que escolhi o vinho para cumprir com o tema de nossa Confraria Brasileira de Enoblogs (veja aqui). Então, ao encontrar esse Pinot Noir resolvi experimentar, esperando um resultado igualmente recompensador. Foi o caso! 

É elaborado pela Chilean Wines Company, que possui dez marcas distintas, sendo os vinhos Lauca elaborados com uvas do Vale do Maule, situado ao sul da capital Santiago e possui a maior extensão de vinhedos chilenos (28.500 hectares). Grande parte desses vinhedos (quase 1/3) são ocupados pela uva País, levada pelos espanhóis no século XVI. Outra variedade que tem feito sucesso é a Carignan, embora ocupe apenas 800 hectares. 

Esse é um Pinot Noir bem interessante de características mais maduras, potência e boa interferência da madeira. Na taça tem coloração rubi, com boa transparência, típico dos Pinot Noir. 

Bons aromas. Frutos vermelhos silvestres e notas de especiarias. Na boca tem taninos doces e boa acidez. Muita fruta madura, dando ao vinho uma característica bem amigável, que agrada aos paladares de vinhos do Novo Mundo. A passagem de 3 meses por barricas de carvalho francês deram ao vinho uma boa característica lembrando baunilha e chocolate.

Final de boa persistência, com palato marcado por especiarias. O teor alcoólico (13,5%) dá uma certa potência ao vinho, recomendando que seja servido um pouco abaixo da temperatura normal. Sugiro algo entre 12-13º C.


Detalhes da compra

O vinho é importado pela Mercovino e comprei uma garrafa aqui em Uberlândia pagando R$ 57.  

Saúde a todos!



Nenhum comentário: